Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santos quer festa de 'Ronaldo Fenômeno' para Emerson

Clube da Vila Belmiro prepara grande recepção para sua 'cereja do bolo'; Fernandão pode ser o próximo

Sanches Filho, O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2009 | 18h27

O Santos vai fazer uma festa inesquecível para receber Emerson, 33 anos, o seu maior reforço da temporada, nesta sexta-feira às 12 horas, na Vila Belmiro. Semelhante a do Corinthians na chegada do Ronaldo Fenômeno, com rojões e chuva de papel picado. Os portões do estádio serão abertos às 10 horas e, pela previsão dos dirigentes, mais de três mil torcedores deverão comparecer para prestigiar a 'cereja' que o presidente Marcelo Teixeira prometeu após a decisão do Campeonato Paulista, para completar "o bolo santista".

 

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Fontes do clube asseguram que até o fechamento da janela de transferências internacionais outros grandes reforços serão apresentados. O próximo poderá ser Fernandão, ex-Internacional de Porto Alegre e que ontem rescindiu contrato com o Al-Garrafa, do Catar.

 

Já era madrugada na Itália, quando Vanderlei Luxemburgo, às 19h (horário de Brasília) do domingo passado ligou para Emerson, avisando que a sua contratação acabara de ser aprovada por Teixeira. Ele apressou a sua mudança para o Brasil e na manhã da quarta-feira, retornou da Itália, desembarcando em Porto Alegre, onde resolveu mais alguns assuntos pendentes. No começo da tarde desta quinta, Emerson esteve no complexo Modesto Roma para conhecer o Hotel Recanto dos Alvinegros, o setor de preparação e recuperação de atletas e o Centro de Treinamentos Rei Pelé. Conversou com o goleiro Fábio Costa, que se recupera de uma contusão, membros da comissão técnica e funcionários.

 

Nesta sexta pela manhã, ele fará os exames médicos e assinará contrato de cinco meses, com preferência de renovação por mais um ano.

 

Antes de ser apresentado aos torcedores, Emerson vai participar das solenidades do Dia Athié, homenagem da direção do clube ao ex-presidente Athié Jorge Coury, no quarto andar da Vila Belmiro.

 

Depois, o ex-volante da seleção brasileira dará coletiva à imprensa, na sala de entrevistas do estádio e em seguida receberá a camisa 5 de Zito e Clodoaldo, os dois mais importantes volantes da história do Santos, e entrará em campo uniformizado.

 

Como jogou poucas vezes na temporada europeia passada e está parado desde a rescisão do contrato com o Milan, em abril, Emerson vai precisar de um trabalho físico especial para recuperar a forma. Ele acredita que dentro de 15 dias poderá se colocar à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo. A sua estreia tanto poderá ser contra o Cruzeiro, dia 16 de agosto, no Mineirão, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, como quatro dias depois, na Vila Belmiro, diante do Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.