Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Santos quer garantir em Londrina a classificação na Copa do Brasil

Objetivo do time é matar duelo da primeira fase na terça-feira

O Estado de S. Paulo

16 Março 2015 | 07h00

O Santos faz na tarde desta segunda-feira o último treino antes da partida de estreia na Copa do Brasil, contra o Londrina, às 19h30 da terça, no Estádio do Café. Com a equipe descansada e completa, a ordem é vencer por dois gols de diferença e garantir classificação direta para a segunda fase da competição, evitando o jogo de volta na Vila Belmiro, dia 16 de abril, em meio à fase decisiva do Campeonato Paulista.

“Temos que entrar ligados. É um jogo importante para matar o segundo confronto. Os jogadores estão cientes, tivemos uma semana de conversa. Agora vamos estudar o Londrina, que que nos deu trabalho no ano passado”, avalia o técnico Marcelo Fernandes, que fará seu segundo jogo como treinador efetivo e enfrenta o seu primeiro mata-mata. 

Para ter o melhor time possível em mãos, o treinador optou por poupar boa parte do elenco para o jogo contra o Marília, sábado, pelo Paulistão. Apenas quatro titulares - o goleiro Vanderlei, o lateral Cicinho, o zagueiro David Braz e o volante Valencia - começaram a partida.

No ano passado, os dois times se enfrentaram na terceira fase da competição. No jogo de ida, o Santos usou um time reserva e perdeu por 2 a 1. Na volta, fez o placar de 2 a 0 e se classificou.

Em comum, os dois confrontos terão a presença de Robinho. O atacante foi poupado do jogo com o Marília, assim como praticamente todo o time titular, mas está confirmado para atuar no Estádio do Café. No ano passado, no jogo da volta, ele teve participação determinante na vitória. Deu uma assistência e fez o gol, o primeiro dele no atual retorno ao time da Vila Belmiro.

Mais conteúdo sobre:
futebol Santos FC Copa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.