Santos quer retomar a liderança

O Santos quer esquecer daderrota para o Botafogo, na quarta-feira, e deixar de lado oserros de arbitragem das últimas partidas para neste domingo,contra o Figueirense, às 15h30, em Mogi-Mirim, tentar recuperara liderança do Campeonato Brasileiro. Para isso, porém, além deganhar do time catarinense, tem de torcer por um tropeço doPalmeiras, contra o Vitória, em Salvador.O técnico Vanderlei Luxemburgo pede mais atenção à Comissão deArbitragem para que os erros contra o Santos diminuam. "Nãoestou satisfeito. São muitos jogos seguidos com falhas",reclama o treinador santista. Nas últimas partidas, alguns golsdo Santos foram anulados de maneira errada, e isso temincomodado Luxemburgo. Para este domingo, o técnico conta com as voltas dePaulo César e Ricardo Bóvio, que cumpriram suspensão por causados cartões amarelos. "A gente não fez uma boa partida contra oBotafogo. A derrota aconteceu, é até normal, mas agora temos devencer para voltar à liderança", comenta àulo César. Apesar deatuar fora de sua casa ? o Santos perdeu o mando de uma partidapor causa de um rojão que foi lançado no gramado da Vila Belmirono clássico contra o São Paulo ?, o técnico Vanderlei Luxemburgoacredita que contará com o apoio da torcida. "É lógico que eu preferia jogar em casa. O Santosseria beneficiado se fosse na Vila, mas a escolha por Mogi-Mirimfoi ótima. Nós temos muita torcida aqui. També por isso que eutrouxe a delegação antes para cá, para ir se acostumando e criarum clima para o jogo", comenta Luxemburgo. A última vez que oSantos esteve na cidade foi dia 28 de abril de 2001, goleada por5 a 1 sobre o Mogi. Mesmo com o adversário em uma situação nãotão confortável ? o Figueirense não vence há seis jogos ?Vanderlei Luxemburgo prevê muitos problemas para o seu time. "OFigueirense é um time muito forte, difícil de ser batido."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.