Santos quer Robinho em campo no domingo

Robinho irá se reunir nesta sexta-feira com o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, para tentar convencê-lo a aceitar sua venda para o Real Madrid. Mas, apesar de o jogador já ter manifestado na Alemanha que não pretende mais jogar na Vila Belmiro, o dirigente irá exigir que ele entre em campo no domingo, na partida contra o Juventude, pelo Campeonato Brasileiro.O encontro será à tarde, horas depois da chegada do atacante ao País. O desejo do Real Madrid é apresentá-lo até sexta-feira, data do retorno do elenco das férias. Mas Marcelo Teixeira continua irredutível, mesmo diante da oferta de 21 milhões de euros (cerca de US$ 25 milhões) do clube espanhol - apenas 60% desse valor cabe ao Santos, sendo que 30% pertencem ao próprio jogador e 10% a seu procurador, Wagner Ribeiro.Nesta quinta-feira, mesmo depois de Robinho já ter se despedido da torcida santista, em entrevista à TV Globo diretamente da Alemanha, Marcelo Teixeira voltou a dizer que só pretende liberar o jogador caso algum clube pague os US$ 50 milhões da multa rescisória do contrato, que termina apenas em 2008."Nós conversaremos pessoalmente com ele, até por uma questão de respeito, para colocarmos a situação do Santos", explicou Marcelo Teixeira, nesta quinta-feira, após insistentes pedidos dos jornalistas para falar sobre Robinho. ?Não há nada de novo nesse caso."Marcelo Teixeira, inclusive, avisou que Robinho deve jogar no domingo, contra o Juventude, assim como o lateral-esquerdo Léo, outro que estava com a seleção brasileira na Copa das Confederações."Queremos que ele se apresente. O técnico vai dar as orientações necessárias, vai conversar com ele e nós vamos falar com o Gallo para ver tanto a condição de Robinho quanto a de Léo para o jogo de domingo", afirmou o presidente do Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.