Santos quer vencer Bahia por 3 gols

O Santos confia na boa fase do Paulista para conseguir uma coisa considerada muito difícil: vencer por uma diferença de três gols o Bahia na quarta-feira (18), na Vila Belmiro, para ficar com uma vaga para a próxima fase da Copa do Brasil. Os jogadores voltam aos treinamentos amanhã, quando o técnico Geninho definirá a equipe para essa partida. Geninho poderá contar com a força máxima e espera o apoio dos torcedores. "A torcida precisa jogar com o time", disse ele, lembrando que os protestos dos são-paulinos acabaram prejudicando o tricolor, que perdeu o jogo para a Barbarense e está agora numa situação complicada no Paulista."O momento do time é bom", entende Geninho. Para ele, a equipe vinha de quatro derrotas consecutivas no campeonato estadual, conseguiu se recuperar e vem agora com três vitórias seguidas. Se os três últimos resultados facilitaram o trabalho de classificação no Paulista, servem também como motivação para o jogo contra o Bahia. "Vai ser difícil, temos que vencer o Bahia por uma vantagem de três gols e, por isso, a ordem é fazer gols e não tomar".Para montar a equipe, contará com três reforços importantes: o zagueiro André Luís, o volante Paulo Almeida e o atacante Caio. Os três cumpriram suspensão automática ontem e voltarão à equipe sábado, quando o time enfrenta o São Caetano fora de casa. Por isso, Geninho deverá armar a equipe para o jogo contra o Bahia já pensando na partida contra o São Caetano. "Os dois jogos serão decisivos e precisamos contar com o melhor quadro possível".A boa notícia foi a volta de Claudiomiro aos treinamentos físicos. Para o jogo de quarta, ele não tem as mínimas chances de voltar e ainda passará por avaliações médicas para saber quando terá condições de retornar ao time. Para sábado, três jogadores irão cumprir suspensão automática: Pereira, Marcelo Silva e Rodrigo Costa. Como não são titulares, não haverá problemas para a armação da equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.