Santos recebe mais uma cobrança

Nem bem o Santos conseguiu resolver o problema do protesto das promissórias referentes ao pagamento do passe de Léo, outra cobrança está chegando à Vila Belmiro. Desta vez é a Matonense, que cobra R$ 700 mil relativos à transação com o atacante Júlio César. Os santistas admitem o débito, mas informam que estão em entendimentos com os dirigentes de Matão para solucionar a pendência e que o clube interiorano não cogita em protestar a dívida. "Na crise que o futebol vive, um clube deve para o outro", disse o presidente Marcelo Teixeira, lembrando que o Santos também tem créditos junto a outros times.Em relação ao caso Léo, a diretoria informou hoje que foi feito contato com a Federação Paulista de Futebol e que a entidade se responsabilizou pelo pagamento das duas promissórias de R$ 80 mil cada. Quando isso ocorrer, o recibo de pagamento será encaminhado ao fórum para que o título quitado seja fornecido aos Santos, que encerrará o processo aberto para sustar o protesto que havia sido feito em cartório pelo União São João de Araras. Os santistas estão procurando também adquirir a metade do passe de Deivid pertencente ao Nova Iguaçu.Santos recebe mais uma cobrança

Agencia Estado,

01 de junho de 2001 | 17h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.