Santos reforça marcação em Campinas

A ordem de Geninho aos jogadores do Santos foi clara: precisam voltar de Campinas com pelo menos dois pontos, para que o não complique o trabalho de classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista. Para o jogo desta sábado, contra a Ponte Preta, ele teve que promover várias alterações na equipe e aproveitou para reforçar o setor de marcação, um dos problemas que tem constatado. Se o Santos vinha atuando com três zagueiros, desta vez o esquema prevê o tradicional 4-4-2, só que com a entrada de Marcelo Silva no meio-de-campo o time atuará com três volantes. "Precisamos evitar que o time volte a tomar gols logo no início do jogo, pois isso atrapalha todo o planejamento para a partida e começa o sufoco para buscar o empate", disse. Jean, que não está bem condicionado fisicamente, vai para o banco e o zagueiro argentino Galván tem volta confirmada em Campinas. Além de mexer no time, Geninho quer maior cuidado no cumprimento das determinações táticas. "O jogador de defesa tem que saber que joga na defesa", disse ele, determinando que seus defensores joguem mais fixos e observem se haverá cobertura suficiente por outros companheiros caso avancem.No ataque, Rodrigão ganhou a posição de titular pelo menos para esta partida, já que Dodô, reintegrado ao elenco na sexta-feira, depois de ter sido multado por indisciplina, irá para o banco. "Felizmente, os gols estão saindo e tenho ajudado o time", disse Rodrigão, animado em enfrentar a Ponte. "Vai ser um jogo difícil, mas precisamos da vitória a qualquer preço e vamos consegui-la", comentou.Pelas contas do treinador, uma derrota colocará o Santos numa posição delicada, como a do Corinthians. "Aí vamos ter que conquistar 100% e contar com resultado de outros jogos", disse ele, ressaltando a importância de uma vitória. "Estamos há três jogos sem conseguir pontos e vencer um adversário difícil como a Ponte Preta, o time que mais venceu neste campeonato, será muito bom para elevar o moral da equipe".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.