Ivan Storti/Santos
Ivan Storti/Santos

Santos repete time, mas conta com Bruno Henrique no banco em Salvador

Atacante estava fora da equipe desde o primeiro jogo do Paulista e volta contra o Bahia

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2018 | 07h00

O Santos entra em campo neste sábado, às 16 horas, para enfrentar o Bahia, na Fonte Nova, no seu segundo compromisso no Campeonato Brasileiro, apostando no entrosamento para ampliar o seu bom momento, mas também contando com uma "nova" arma que pode ser acionada do seu banco de reservas: o atacante Bruno Henrique. 

+ Bruno Henrique comemora volta ao Santos: 'Não tem preço'

Após realizar diversos testes e utilizar 33 jogadores nos 20 primeiros compromissos em 2018, o técnico Jair Ventura indicou ter encontrado o time-base do Santos para a sequência da temporada, aquele escalado na estreia no Brasileirão no último sábado, quando a equipe superou o Ceará por 2 a 0 no Pacaembu. 

A formação vai ser repetida diante do Bahia, um fato até agora raro na passagem de Jair pelo Santos. Afinal, antes do compromisso com o Bahia, o técnico só havia repetido a escalação da equipe entre um jogo e outro uma vez, nos duelos com o Botafogo de Ribeirão Preto pelas quartas de final do Paulistão. 

E a escalação é exatamente a que vai atuar neste sábado, em uma confirmação de ser mesmo a favorita de Jair, com Vanderlei no gol, Daniel Guedes e Dodô nas laterais, David Braz e Lucas Veríssimo na zaga, o meio-campo formado por Alison, Léo Cittadini e Jean Mota e o trio ofensivo composto por Rodrygo, Gabriel e Eduardo Sasha. 

Essa escalação deu ao Santos ao triunfo sobre o Ceará, naquela que foi a terceira vitória consecutiva do time na temporada, sequência que só foi alcançada em uma outra oportunidade, diante de São Caetano, São Paulo e Santo André. Agora, na atual sequência, os outros triunfos foram sobre Palmeiras e Estudiantes, sendo que uma quarta vitória seria algo inédito em 2018. 

E essa nova série foi assegurada em um momento de maior folga para o Santos, que tem disputado um jogo por semana nesse momento da temporada, algo também provocado pela queda nas semifinais do Campeonato Paulista. Com mais tempo para treinos, Jair tem apontado evolução técnica do time dentro de campo. "Quando os treinadores tem tempo para trabalhar os resultados aparecem em campo, mas sei que isso é uma utopia", afirmou o treinador. 

Só que esse cenário de maior tempo para treinos chegará ao fim agora, tanto que na próxima terça-feira o time já tem novo compromisso pela Libertadores, diante do Estudiantes, na Vila Belmiro. E o jogos do Brasileirão serão intercalados com compromissos do torneio continental e também da Copa do Brasil. 

"Todas as vezes que tivemos a semana cheia para trabalhar fomos bem nos jogos. O Jair tem passado tudo sobre o Bahia e logo após vamos pensar no Estudiantes. Creio que vai dar tudo certo", disse o atacante Rodrygo. 

Nesse momento de retomada do apertado calendário, o Santos ganhou um trunfo. Desfalque desde a rodada inicial do Paulistão, quando sofreu lesões no olho direito, Bruno Henrique recebeu o aval dos médicos do clube para voltar a atuar e foi relacionado para o duelo com o Bahia.

O atacante ficará como opção no banco de reservas e deverá receber chance durante duelo contra um adversário de ótima memória para ele. Afinal, foi contra o Bahia que ele marcou todos os gols da vitória por 3 a 0 no Brasileirão de 2017, em julho, no Pacaembu. 

Agora, então, diante do Bahia, retorna ao time como opção para Jair e em busca do ritmo para retomar o alto nível de atuação apresentado em 2017 para ajudar o Santos a emplacar a inédita a quarta vitória consecutiva na temporada e começar a recuperar o espaço que era dele até se lesionar. 

Após ser derrotado por 2 a 0 pelo Internacional, na estreia no Brasileirão, o Bahia busca a reabilitação diante do Santos. A equipe baiana terá a volta do zagueiro Lucas Fonseca a fim de tentar os primeiros pontos na competição. Preservado nas estreias da Copa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro, Lucas Fonseca deve entrar na vaga de Douglas Grolli para formar a dupla de zaga titular com Tiago.

Por outro lado, o técnico Guto Ferreira não terá à disposição o atacante Kayke, com dores no tornozelo. "Quando jogamos em casa, jogamos com o nosso torcedor e ele faz a diferença. É por aí que nós temos que pensar e fazer valer o mando de campo. A equipe do Santos é competitiva, vem num bom momento. Temos que superar tudo isso. Independentemente da estreia, que não foi muito boa, a gente até ali estava vivendo um bom momento. E é só recuperar esse momento", afirmou o treinador. 

FICHA TÉCNICA:

BAHIA X SANTOS 

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius, Zé Rafael e Marco Antônio; Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.

SANTOS - Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison, Léo Cittadini e Jean Mota; Eduardo Sasha, Gabriel e Rodrygo . Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

HORÁRIO - 16 horas. 

LOCAL - Fonte Nova, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.