Arquivo/AE
Arquivo/AE

Santos revela conversa com Robinho, mas nega retorno

Presidente Marcelo Teixeira diz que clube não tem como repatriar o jogador por causa dos altos valores

AE, Agencia Estado

29 de maio de 2009 | 19h46

O presidente do Santos, Marcelo Teixeira, revelou nesta sexta-feira que teve um encontro com Robinho, insatisfeito com sua situação no Manchester City e interessado em retornar ao clube da Baixada. No entanto, o dirigente descartou a possibilidade de repatriar o atacante.  

 

Veja também:

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

lista Brasileirão - Calendário

tabela Brasileirão - Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

"Tivemos uma reunião com o Robinho, conversamos por uma hora, ele pediu sugestões por estar insatisfeito na Inglaterra. Demos os nossos conselhos", afirmou o dirigente. O atacante se transferiu para o Manchester City no início da temporada 2008/2009, depois de forçar sua saída do Real Madrid.

Marcelo Teixeira garantiu, porém, que a contratação de Robinho pelo Santos não passa de um sonho. "Acho muito complicado ele voltar, apesar de manifestar certo desejo por estar insatisfeito no Manchester City. Mas é quase impossível por conta da questão financeira. O mercado europeu é muito diferente do nosso", comentou.

Robinho ganhou suas primeiras oportunidades na equipe profissional do Santos em 2002, quando foi um dos destaques da conquista do Campeonato Brasileiro. Ele voltaria a ser campeão nacional em 2004. Em 2005, forçou sua negociação com o Real Madrid, o que, no entanto, não alterou sua condição de ídolo da torcida santista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.