Santos se prepara para furar retranca

O Santos está se preparando para enfrentar mais uma vez a retranca do Ji-Paraná. No jogo de ida, em Rondônia, na semana passada, o esquema montado pelo técnico Da Costa deu certo, garantindo o empate por 0 a 0. Agora, na partida de volta, quarta-feira, na Vila Belmiro, os santistas tentarão escapar da ?armadilha?. "A ordem é entrar com seriedade e imprimir o ritmo de jogo para definir o resultado logo no primeiro tempo", avisou o meia Robert, que não participou do confronto anterior por estar sem contrato.Os jogadores do Santos iniciaram nesta segunda-feira os treinos para a partida com o Ji-Paraná. O técnico Celso Roth só definirá a equipe titular no treinamento coletivo na tarde desta terça, mas poderá contar com força total. Resta saber se ele irá escalar Robert e Esquerdinha juntos, já que os meias atuam pelo lado esquerdo e têm características parecidas. Um opção é usar apenas um deles, formando o ataque com Oséas e William.Depois de marcar o gol santista na derrota para o Palmeiras, William mostrou que poder ser titular da equipe. "O gol acabou não valendo nada. Eu queria mesmo era conseguir os três pontos", lamentou o atacante. "Saímos de cabeça erguida pelo que o time apresentou no segundo tempo e, mantendo esse padrão, vamos dar muita alegria à torcida."Apesar de ainda não confirmar se Esquerdinha será titular, Roth se apressou em defender o jogador, que foi vaiado pela torcida no clássico do último sábado. "Ele precisa de uma seqüência de jogos, coisa que ainda não conseguiu desde que chegou, por ter sido convocado duas vezes pela seleção", explicou o treinador. "Qualidade o Esquerdinha tem e vai ajudar muito o time".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.