Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação
Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação

Santos sinaliza aumento de salário para não perder Thiago Maia

Volante pode deixar o time da Vila de graça no início de 2016

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2015 | 07h17

Um dos destaques da goleada do Santos por 5 a 2 sobre o Avaí, no último sábado, o volante Thiago Maia pode deixar o time da Vila Belmiro de graça no início do ano que vem. O jogador tem contrato até o dia 28 de fevereiro e a partir desta sexta-feira já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. Para evitar que isso aconteça, a diretoria marcou uma reunião com os representantes do jogador para tentar um acerto.

Thiago Maia tem 18 anos e ainda salário de garoto da base. Ele recebe cerca de R$ 4 mil e o valor do salário é justamente o que dificulta o acerto, já que ele tem se firmado na equipe e conquista a confiança do técnico Dorival Júnior a cada rodada. A valorização deve ser alta. Nas primeiras conversas, o clube se mostrou disposto a pagar R$ 20 mil de salários, valor que não agradou o lado do atleta.

Por causa da possibilidade de deixar o clube, o volante não estava sendo aproveitado pelo treinador nos últimos jogos, mas, após uma primeira conversa entre seus agentes e a direção, o acordo pareceu caminhar bem e por isso ele voltou a ser utilizado. No jogo contra o Avaí, fez um gol.

Outro que também negocia seu futuro no Santos é o lateral-direito Victor Ferraz. Ele tem contrato até dezembro e já está apto a assinar com qualquer outra equipe. Como o Santos joga nesta quarta-feira contra o Corinthians, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o jogador assegura que sua preocupação é apenas ajudar a classificar a equipe. "Tem de deixar isso de lado. Está (a negociação) bem avançada. Estamos próximos de um final feliz, mas nesse momento não tem nem o que pensar. É um clássico e não tem como pensar em outra coisa".

Por ter vencido o jogo de ida por 2 a 0, na semana passada, na Vila Belmiro, o Santos joga por uma derrota por gol de diferença ou até dois, desde que faça gols. Um novo 2 a 0, desta vez para o Corinthians, a decisão da vaga às quartas de final será na disputa de pênaltis.

Mais conteúdo sobre:
futebolSantos FCThiago Maia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.