Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Santos só empata com o São Caetano por 3 a 3 pelo Campeonato Paulista

Equipe do técnico Adílson Batista comete falhas na defesa e pode perder a liderança

ALAN RAFAEL VILLAVERDE, estadão.com.br

26 de janeiro de 2011 | 21h32

SÃO PAULO - Com velhas falhas no sistema defensivo, o Santos viu seu aproveitamento de 100% no Campeonato Paulista terminar na noite desta quarta-feira, em Barueri, com o empate de 3 a 3 com o São Caetano, em jogo válido pela quarta rodada.

Com o resultado, o Santos continua na liderança, com 10 pontos, mas pode perder a posição para o Americana, Palmeiras ou Paulista. Já o São Caetano, que procura por novo técnico após a demissão de Toninho Cecílio, continua na zona de rebaixamento, mas agora com um ponto.

Para o técnico Adílson Batista, a partida deixa a fragilidade do sistema defensivo santista explícita, principalmente na proteção da zaga pelas laterais. Esse problema já fora detectado em 2010, mas por muitas vezes deixado de lado pelo ataque comandado por Ganso e Neymar, que ainda não jogaram pelo time em 2011. "A gente sabe que é início de temporada, mas não se pode pecar como pecamos. É preciso ter mais atenção", afirmou o lateral-esquerdo Léo, que completou: "Não adianta culpar a defesa. A desatenção é de todos."

A irritação de Léo e da torcida santista com as falhas não era previsível no começo do jogo, quando o lateral-direito Jonathan, aos seis minutos, foi derrubado dentro da área. Pênalti que Elano converteu com tranquilidade para abrir o placar.

Aos poucos, no entanto, a situação se inverteu. Depois de perder mais duas boas chances para ampliar o marcador, o Santos mostrou displicência em campo, além de falhas no posicionamento de sua zaga. Com isso, o São Caetano - que até então não tinha feito gol algum no ano - aproveitou para virar o placar. Aos 38, Artur subiu sozinho para cabecear e vencer o goleiro Rafael, fazendo o primeiro gol. E, aos 45, Vandinho só teve o trabalho de desviar a trajetória da bola após bom passe de cabeça de Luciano Mandi.

O susto acordou o Santos, que novamente ficou à frente no placar no começo da segunda etapa. Aos três, Keirrison empatou, e aos oito foi a vez de Elano roubar a bola de Artur e, com um belo chute sem ângulo pela esquerda, vencer o goleiro Luiz. Com quatro gols, o meio-campista santista é artilheiro do Paulistão juntamente com Maikon Leite, que teve uma atuação discreta.

Sem nada a perder, o São Caetano partiu para cima, dando espaços ao Santos, que teve pelo menos quatro boas chances para definir a vitória, mas não soube aproveitá-las. E, novamente numa falha defensiva, a equipe santista cedeu o empate. Aos 33, Vandinho venceu a marcação de Durval durante um cruzamento e, num toque com a perna direita, fez o seu segundo gol, decretando o placar final.

Agora, o Santos enfrenta o São Paulo no domingo, às 17 horas, novamente da Arena Barueri, enquanto o São Caetano encara a Ponte Preta no sábado, às 19h30, em Campinas.

NOTAS. Elano machucou o tornozelo direito ao chutar o gramado +++ Apesar do empate, o Santos de 2011 ainda tem aproveitamento melhor que do time campeão do Paulistão ano passado, com 83,3% contra 53,3%.

Santos - 3 - Rafael; Jonathan (Rodrigo Possebon), Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Pará, Elano (Rodriguinho) e Róbson (Moisés); Maikon Leite e Keirrison. Técnico: Adílson Batista.

São Caetano - 3 - Luiz; Artur, Marcelo Batatais, Anderson Marques e Bruno (Eduardo); Ricardo Conceição, Augusto Recife, Souza (Kleber), Aírton e Luciano Mandi (Fernandes); Vandinho. Técnico - Márcio Griggio.

Gols - Elano, aos sete; Artur, aos 38 e Vandinho, aos 45 minutos do primeiro tempo; Keirrison, aos três, Elano, aos oito, e Vandinho, aos 33 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Artur, Rodrigo Possebon e Augusto Recife. Árbitro - Guilherme Cereta de Lima (SP). Público e renda - não disponíveis. Local - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Veja também:

blog Antero Greco - Santos emperra, mas ainda assim diverte

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.