Santos só empata e fica longe do título

Se as chances de o Santos tentar alcançar o Cruzeiro já eram pequenas, nesta quarta-feira a situação no Campeonato Brasileiro ficou praticamente irreversível. O time santista empatou com o Guarani por 1 a 1, passou a 63 pontos e está 10 atrás do líder, faltando onze rodadas para o fim da competição. Os muitos erros do Santos e um do árbitro foram determinantes para que o Guarani conseguisse arrancar um empate na Vila Belmiro. O time santista pecou novamente nas finalizações, com Robinho chegando a irritar a torcida com seus chutes fracos e sem direção e Diego completamente apagado. Uma falha do auxiliar do árbitro Cléber Wellington Abade fez com que um gol legal de Robinho fosse anulado. A bola entrou e ele não viu. Mas foi o Santos quem errou mais. Nos primeiros 15 minutos, o time não conseguiu sair da defesa e sofreu com os chutes de longa distância do Guarani.Aos 7 minutos, Leandro Guerreiro chutou a mais de 30 metros de distância. Fábio Costa só acreditou quando a bola estava perto, desviou e ela ainda tocou no travessão. Aos 13, o goleiro santista fez boa defesa em chute de Alex. Aos 35 minutos, o Santos teve boa chance. Diego acertou um belo chute de fora da área, mas o goleiro Jean espalmou. Em um contra-ataque do Guarani, aos 39, o lateral Ruy avançou desde o campo de defesa e tentou um cruzamento. A bola bateu em Léo, tirou Fábio Costa da jogada e parou no fundo das redes: 1 a 0.O segundo tempo foi um festival de erros, principalmente do Santos, que tentava pressionar para conseguir o empate. Mas, na base da sorte, saiu o empate. Aos 38 minutos, o zagueiro Alex cobrou falta, a bola desviou em Gláuber e entrou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.