Santos sofre, mas vence o clássico

Aos 43 minutos do segundo tempo, Giovanni e Ricardinho andavam em campo. Os reservas do São Paulo estavam satisfeitos com o empate. Mas Carlinhos ainda queria jogo. A iniciativa foi premiada: em ótimo lance individual, o lateral bateu cruzado e marcou o gol da vitória do Santos por 2 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro, e leva sua equipe para o 3º lugar do Campeonato Brasileiro, com 24 pontos. O time do Morumbi ? que passa a usar os titulares, campeões da Libertadores, contra o Brasiliense, na quarta-feira ?, terá de correr muito para se recuperar, já que permanece com 15 pontos.Não houve tempo para Paulo Autuori testar seu plano tático ? três zagueiros, seis homens no meio-campo e Tardelli, isolado no ataque ?, pois no 1º ataque santista, Flávio Donizete apelou: deu carrinho em Carlinhos e foi expulso. Mesmo com dez, os garotos do São Paulo mostraram alguma maturidade. Tocaram bem a bola e até criaram chances de gol. Tardelli tabelou com Souza, mas o meia bateu fraco, frente à frente com Mauro.Porém, os reservas são-paulinos falharam na bola aérea ? que um dia também foi terror dos titulares. No escanteio batido por Ricardinho, Edcarlos e Souza não marcaram Halisson que, de cabeça, abriu o marcador.Como o São Paulo praticamente não ameaçava Mauro ? Marco Antônio, timidamente, tentou arremates de longe ?, o Santos relaxou. Marco Antônio desceu pela direita e cruzou para Hernanes que, com habilidade, tirou Fabinho da jogada e bateu cruzado para empatar o jogo. Pouco antes do intervalo, foi a vez de Ávalos mostrar falta de recursos: deu carrinho violento em Hernanes e levou cartão vermelho.Apesar da igualdade numérica, o Santos teve mais iniciativa na etapa final, mas lhe faltou objetividade para superar a bem posicionada defesa adversária. Danilinho teve 2 excelentes chances, mas desperdiçou. O São Paulo só foi ao ataque em lances esporádicos. Fábio Santos perdeu a melhor chance: mandou para fora a falta em 2 lances dentro da área.O jogo se arrastava para um empate sem graça, até que Carlinhos salvou o espetáculo. Melhor para os santistas, que já sonham com a liderança: quarta-feira, recebem o combalido Vasco da Gama, que neste domingo perdeu para o Flamengo no clássico Carioca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.