Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santos sonda atletas em fim de contrato e quer ao menos cinco reforços para 2018

Clube espera trazer jogadores que estejam em fim de contrato para reforçar o elenco para a próxima temporada

O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2017 | 17h13

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, disse que o time alvinegro quer contratar pelo menos cinco reforços para a próxima temporada: um lateral-esquerdo, um volante, um meia, e dois atacantes - um centroavante e outro que atue pelas pontas. O clube espera fortalecer a equipe gastanto pouco, e sonda atletas em fim de contrato ou que não exijam grandes investimentos financeiros. 

+Sem espaço com Levir Culpi, volante Leandro Donizete pode sair do Santos em 2018

"O Santos busca um lateral-esquerdo, apesar de termos três excelentes, e buscamos mais um volante, mais um meia, um centroavante e um atacante pelas pontas", afirmou o presidente, no lançamento de sua candidatura à reeleição no clube.

Modesto informou que a busca por reforços independem da renovação contratual de Lucas Limas e Ricardo Oliveira, ainda indefinidas. "Estamos procurando um. Depois que acharmos um, procuramos dois, três ou dezoito", disse.

Um dos possíveis reforços do time é Nino Paraíba, da Ponte Preta. Apesar de não confirmar o andamento de uma possível negociação, Modesto elogiou o atleta. "É um grande atleta e todo grande atleta interessa", afirmou o presidente.

Outros nomes que vêm sendo citados como possíveis reforços do Santos para 2018 são Díaz e Álvez, ambos do Barcelona de Guayaquil, Matheus Galdezani, do Coritiba, e Zé Rafael, do Bahia. 

Apesar da intenção de gastar pouco, o time também estuda o possível retorno de Robinho, hoje no Atlético-MG. O nome do jogador voltou a ser comentado na Vila Belmiro e a o Santos estaria disposto a pagar até R$300 mil mensais em salários para o atleta - teto salarial do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.