Divulgação/Santos
Divulgação/Santos

Santos tem 6,2 mil sócios aptos a votar online e garante segurança da eleição

Pleito acontece no dia 12 de dezembro e seis candidatos estão na disputa pela presidência do clube

Redação, Estadao Conteudo

04 de dezembro de 2020 | 20h36

A eleição presidencial do Santos terá pela primeira vez a possibilidade de votação online e conta com mais de 6 mil sócios aptos a participar desse modo. A informação foi confirmada nesta sexta-feira por Marcelo Teixeira, presidente do Conselho Deliberativo do clube. O pleito está agendado para 12 de dezembro.

De acordo com o dirigente, mais de 6 mil dos 16 mil sócios com direito a voto optaram por participar da votação de modo online. "Até este momento, temos 16.376 sócios associados aptos a voto. Deste total, temos 10.028 associados relacionados a Santos, 128 associados optaram por votar em São Paulo, na sede da FPF, e 6.220 associados optaram pelo voto online", disse, em entrevista coletiva.

Teixeira também revelou que mais de 3 mil sócios que optaram por participar da eleição de modo online nunca haviam votado no clube. Isso deve representar um aumento no número de participantes no pleito - no fim de 2017, na eleição anterior, foram 5.676 participantes.

"Um fato importante: dos 6.220 associados que optaram pelo voto virtual, cerca de 3.200 associados nunca votaram na história do Santos e terão a oportunidade, a partir desta eleição, de uma forma moderna, de optarem pelo voto virtual, e participarão de uma forma democrática e direta, exercendo o direito de voto. Desse total, são 2.200 associados de São Paulo e 1.200 associados da Baixada Santista. O restante mora o interior de São Paulo ou em outras cidades do Brasil", disse.

O presidente do Conselho do Santos também assegurou que a votação online tornará a apuração mais rápida e descartou a possibilidade de fraude, assegurando que os resultados dos testes envolvendo o sistema para a eleição foram satisfatórios.

"As pessoas tiveram a oportunidade de acessar o site, fizeram o período de votação e conseguimos checar como seria o processo de apuração. A mesa, a comissão e todas as chapas envolvidos tiveram a oportunidade de fazer o teste. Foi sucesso total. São duas empresas, a que faz a operação e a outra que faz a auditoria. São independentes e dão total transparência e segurança ao pleito", declarou.

Na avaliação de Teixeira, a possibilidade de votar virtualmente deve motivar mais torcedores do Santos a se tornarem sócios. "Precisamos ter um sistema moderno, seguro e, diante da pandemia, dar a oportunidade do associado participar. É agradável, porque temos a oportunidade de democratizar esse processo, abrir as fronteiras. Massificar esse processo em termos de novos associados. Chegamos a ter 60 mil associados. Hoje, temos aptos 16 mil. O clube regrediu. Esperamos que, com essa iniciativa, as pessoas venham a se associar. Por várias razões, essa entre elas", afirmou.

A eleição presidencial do Santos terá a participação de seis candidatos: Andrés Rueda, Daniel Cury, Fernando Silva, Milton Teixeira Filho, Ricardo Agostinho e Rodrigo Marino. O clube, hoje, é presidido interinamente por Orlando Rollo, que assumiu o cargo após o impeachment de José Carlos Peres.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos Futebol Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.