Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Santos tem agora o G-4 como alvo no Brasileirão

Caso bata o Náutico, equipe da Vila Belmiro fica a apenas quatro pontos do Grêmio

SANCHEZ FILHO, O Estado de S. Paulo

24 de setembro de 2013 | 07h30

SANTOS - O Santos já é o melhor dos paulistas no Brasileiro e só precisa confirmar o amplo favoritismo contra Náutico, quarta-feira à noite, na Vila Belmiro, para ficar muito perto de entrar no G-4. Campanha surpreendente do time que começou desacreditado o campeonato, após ter vendido Neymar ao Barcelona e dispensado Muricy Ramalho no início da competição.

Com a vitória diante do Criciúma, o Santos pulou para o sétimo lugar na classificação, com 32 pontos, e, se bater os pernambucanos, subirá mais duas posições, ficando a quatro pontos do Grêmio, o quarto colocado.  O crescimento da equipe ocorreu apesar da desconfiança inicial em relação ao trabalho do então interino Claudinei Oliveira. A diretoria chegou a tentar um treinador de renome internacional, caso do argentino Marcelo Bielsa. Não houve acordo e Claudinei foi ficando.

Com as sobras do Santos campeão de Muricy, mais as contratações de Cicinho, Mena, Thiago Ribeiro e Éverton Costa, Claudinei armou um time competitivo. Com o tempo, os bons resultados começaram a aparecer e o treinador acabou efetivado.

Na quarta-feira, ele não poderá contar com o atacante Thiago Ribeiro e nem com o volante Arouca, que vão cumprir suspensão pelo terceiro cartão mas, em compensação, voltam Cícero, artilheiro do time no Brasileiro e na temporada, e Alison.

O jogo contra o Náutico foi remarcado da 11.ª rodada para que o Santos pudesse viajar para enfrentar o Barcelona, na Espanha.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasileirãoSantos fcfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.