Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santos tem de vencer no Equador e ainda torcer por ajuda do Strongest para avançar na Libertadores

Equipe de Fernando Diniz enfrenta o Barcelona em Guayaquil e espera tropeço do Boca Juniors

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2021 | 05h01

O Santos tem duas missões nesta quarta-feira obter uma vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores. Vencer o Barcelona de Guayaquil, no Equador, às 21 horas, em duelo válido pela sexta e última rodada da fase de Grupos e torcer para que o The Strongest não seja derrotado pelo Boca Juniors, em La Bombonera, Buenos Aires.

Somente com esta combinação de resultados, o time de Vila Belmiro, vice-campeão na temporada passada, vai estar na fase de mata-mata da principal competição sul-americana. O Santos tem seis pontos no Grupo C, assim como o The Strongest, contra sete do Boca. O Barcelona, com dez, já está classificado.

O Santos tem seis pontos no Grupo C, assim como o The Strongest, contra sete do Boca. O Barcelona, com dez, já está classificado. Eliminado na primeira fase do Campeonato Paulista, o Santos teve uma semana de preparação para a partida. 

A equipe do técnico Fernando Diniz foi para o Equador sem seu principal jogador, o atacante Marinho, que está recuperado de uma lesão na coxa esquerda, mas sem condições físicas para atuar na partida. Alison e Jean Mota também estão fora do jogo, pois terão de cumprir suspensão. 

Sem os dois jogadores, Fernando Diniz testou várias formações nos últimos dias. Na maior parte dos trabalhos realizados no Centro de Treinamento Rei Pelé, porém, Vinicius Balieiro, Ivonei e Gabriel Pirani formaram um trio de contenção na formação santista.

Em duas partidas como visitante, o Santos foi derrotado em ambas: perdeu por 2 a 0 para o Boca Juniors em Buenos Aires e por 2 a 1 para o The Strongest em La Paz. 

No primeiro duelo, disputado na Vila Belmiro, os equatorianos venceram por 2 a 0, mas desta vez não poderão contar com dois de seus principais destaques: o defensor Mario Pineida e o meio-campista uruguaio Bruno Piñatares, suspensos por causa do acúmulo de três cartões amarelos.

ADVERSÁRIO

Do outro lado, o Barcelona de Guayaquil só tem os dois titulares suspensos para pegar o Santos. No último final de semana, o técnico Fabián Bustos poupou todos os titulares na vitória por 4 a 0 sobre Deportivo Olmedo, em jogo válido pelo Campeonato Equatoriano. A equipe é a segunda colocada da competição local com 27 pontos, atrás apenas do Emelec, que tem 29.

Após a vitória sobre o Deportivo Olmedo, Bustos falou com a imprensa equatoriana sobre suas impressões em relação ao duelo de hoje à noite. “Esperamos que Santos venha para jogar de igual para igual. O seu treinador está a fazer um bom trabalho e imagino que vão tentar jogar de igual para igual. Desta forma, teremos que aproveitar os espaços”, disse o técnico.

FICHA TÉCNICA

BARCELONA DE GUAYAQUIL X SANTOS

BARCELONA - Javier Burrai; Byron Castillo, Fernando León, Williams Riveros e Leonel Quiñónez; Michael Carcelén, Nixon Molina, Emmanuel Martínez e Michael Hoyos; Damián Díaz e Carlos Garcês. Técnico: Fabián Bustos. 

SANTOS - João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonathan; Vini Balieiro, Ángelo Gabriel, Gabriel Pirani e Lucas Braga; Marcos Leonardo e Kaio Jorge. Técnico: Fernando Diniz.

ÁRBITRO - Andrés Rojas (COL).

HORÁRIO - 21H.

LOCAL - Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, Guayaquil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.