Epitacio Pessoa/Estadão
Epitacio Pessoa/Estadão

Santos teme que falta de experiência atrapalhe elenco

Desde que assumiu o time, Claudinei Oliveira vem dando chance para vários jogadores jovens

CIRO CAMPOS, Agência Estado

08 de julho de 2013 | 09h29

SÃO PAULO - O jovem time do Santos está cumprindo um bom papel no Campeonato Brasileiro, como ao vencer o clássico com o São Paulo por 2 a 0 neste domingo no Morumbi. Mas a própria comissão técnica diz temer que a falta de experiência possa causar queda de rendimento da equipe.

"Estamos em um campeonato muito longo e será normal a equipe ter uma certa oscilação, até porque são jogadores muito jovens", explicou o interino Claudinei Oliveira, que assumiu o comando da equipe há um mês. Desde então passou a dar chances para garotos vindos das categorias de base, que até agora conquistaram duas vitórias e um empate nos últimos quatro jogos.

Para tentar amenizar o excesso de juventude de atletas de no máximo 20 anos, como Neilton, Giva e Gustavo Henrique, Claudinei torce pela vinda de reforços experientes nos próximos dias. "Se a diretoria conseguir trazer um reforço como o Robinho, ele será muito importante para liderar. O Montillo já tem sido importante, por ser um jogador de seleção argentina e que sabe bem segurar a bola", disse.

O clube negocia com o Milan para contratar o atacante de 29 anos até o dia 15 de julho, quando se encerra a janela de transferências no futebol brasileiro para a chegada de atletas de outros países.

O Santos volta aos treinos na tarde desta segunda-feira. O foco será a preparação para a partida da próxima quarta-feira, contra o Crac (GO), na Vila Belmiro, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.