Santos tenta manter aproveitamento total contra o Mirassol

Time joga nesta quinta na Vila Belmiro, às 20h30, em busca da terceira vitória, pela liderança do Paulistão

Sanches Filho, Especial para O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2009 | 01h41

SANTOS - Depois de duas vitórias, o Santos tenta manter a invencibilidade no Campeonato Paulista 2009, com 100% de aproveitamento, nesta quinta-feira, às 21h30, contra o Mirassol, na Vila Belmiro. O jogo terá acompanhamento do estadao.com.br e transmissão ao vivo na rádio Eldorado/ESPN (AM 700 ou FM 103,7)Veja também: Paulistão 2009 - Tabela e classificaçãoConfira as novidades do mercado do futebol Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão A comissão técnica e os jogadores estabeleceram como objetivo somar cinco vitórias até o clássico contra o Palmeiras, no dia 8, no Palestra Itália. Até lá, Márcio Fernandes acredita que o time estará mais entrosado e em melhor forma física e técnica. BAIXINHO EMPOLGADO  SANTOS Fábio Costa; Luizinho, Fabão (Paulo Henrique), Adailton e Triguinho; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Lucio Flavio e Madson; Roni e Kléber Pereira. Técnico: Márcio Fernandes  MIRASSOL Fabiano; Roger, Artur (Dão), Augusto e Anderson Paim; Acleisson, Júnior Maranhão, Luciano Sorriso e Eder; Wesley (Finazzi) e Luís Ricardo. Técnico: Roberval Davino Árbitro: Paulo Roberto FerreiraEstádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)Horário: 21h30Rádio: Eldorado/ESPN - AM 700/FM 107,3TV: SporTV 2Madson precisou de apenas um jogo na Vila - 2 a 0 contra o Guaratinguetá - para cair nas graças da torcida. Nesta quinta, busca fazer um gol para justificar o apoio que recebeu e também para dedicar ao filho Nicolas, de um mês, e à mulher, Larissa. "O que mais quero é fazer o primeiro gol pelo Santos. Se isso acontecer, minha relação com o torcedor ficará ainda melhor", diz.Madson gostou de suas atuações nos primeiros jogos, mas avisa que ainda tem mais futebol para mostrar. "Sinto dificuldade porque tivemos pouco tempo para a preparação física." Como é um dos mais novos do Santos, ele sabe que precisa mostrar evolução a cada partida porque tem a sombra de Molina, Robson, Tiago Luís ou agora Bolaños, com a documentação regularizada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.