Divulgação/ Santos FC
Divulgação/ Santos FC

Santos tenta se garantir como 'último' brasileiro na edição 2021 da Libertadores

Equipe santista leva vantagem sobre os rivais em luta por vaga na fase preliminar da competição continental

Fabio Hecico, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2021 | 05h00

O Santos chorou muito a perda do título da Libertadores. Voltar à competição virou questão de honra e a classificação pode vir neste domingo. Vitória sobre o Fluminense, às 18h15, aliada a um tropeço do Athletico-PR na visita ao Grêmio, e a equipe da Baixada garantirá, ao menos, a oitava posição e a presença nas fases preliminares.

Depois de ganhar do Corinthians, por 1 a 0, quarta-feira, o Santos fez uma enorme festa, e Cuca até foi questionado se era para tanto. O treinador explicou que para ele, deixar o clube com vaga na competição sul-americana era um prêmio para fechar a boa passagem pelo clube. Ganhando o clássico o objetivo ficou "bem encaminhado".

Cuca sai após o Brasileirão e quer deixar algo a comemorar após frustrações na Copa do Brasil e na decisão da Libertadores. Voltar à competição, será um prêmio de consolação.  "A gente ainda tem duas partidas difíceis antes do fim da temporada, começando pelo Fluminense. O nosso principal objetivo é classificar a equipe para a Libertadores e vamos lutar com unhas e dentes para que a gente possa fazer outro grande jogo e garantir essa vaga", enfatiza o lateral-direito Pará.

Apesar de mostrar confiança na classificação, o jogador não acha que será fácil. O lateral sabe da força do rival deste domingo e pede atenção. "Tem tudo para ser um grande jogo. Do lado do Fluminense tem jogadores de qualidade, jogadores de seleção e consagrados e a gente respeita muito", analisa. "Mas jogaremos em casa e faremos o melhor em busca de mais uma vitória."

Após entrar no intervalo e jogar por apenas 17 minutos no clássico, voltando a sentir dores musculares na coxa, Soteldo é a grande incógnita para este domingo. A chance de o venezuelano atuar é mínima. Ivonei e Jean Mota disputam sua vaga, com o meia saindo com certa vantagem após o jovem da base ir mal diante do Corinthians.

Seria a única mudança em relação ao time que venceu na quarta-feira. O zagueiro Laércio ainda não retorna e o trio ofensivo com Marinho, Marcos Leonardo e Lucas Braga está mantido.

No Fluminense, o retorno à Libertadores após sete temporadas de ausência já está garantido, mas o time quer mais no Brasileirão. A meta é ficar entre os quatro primeiros para garantir uma vaga direta à fase de grupos. De olho no G-4, a equipe carioca espera manter o ótimo desempenho como visitante, diante do Santos, para tentar ultrapassar Atlético-MG ou São Paulo.

Os comandados de Marcão somam 60 pontos. Mas perdem para ambos no saldo de gols. Precisam de uma vitória na Vila Belmiro e de tropeços dos oponentes para chegarem à tão almejada posição.

Sobram confiança e motivação aos cariocas, justamente pelo ótimo desempenho que a equipe vem tendo quando é visitante. Na rodada passada, por exemplo, superou o Ceará, até então concorrente, no Castelão. Entre as sete vitórias "na casa" do rival, destaque, ainda, para os 2 a 1 sobre Flamengo e Internacional, os dois candidatos ao título.

Em Santos, Marcão deve mexer apenas em uma posição. O centroavante Fred está recuperado de um edema na coxa e tem tudo para iniciar a partida. Diante do Ceará, jogou o jovem John Kennedy, autor do primeiro gol.

Com o retorno do artilheiro, a ideia é explorar os contragolpes e ser mortal na hora de criar as chances. A estratégia vem sendo bem utilizada neste Brasileirão, sobretudo nas últimas rodadas, na qual o Fluminense arrancou para se garantir na Libertadores.

Buscar o G-4 será a cereja do bolo ao Fluminense, que iniciou o Brasileirão sob desconfiança e jamais figurou entre os candidatos apontados para estarem na Libertadores.

"O Fluminense teve a campanha mais surpreendente do Brasileirão. Ninguém acreditava que pudéssemos chegar ao final da temporada nessa situação. nem clube, nem torcida tinham a clareza de que esse objetivo poderia ser alcançado", desabafa o meia Nenê, um dos grandes nomes da bela campanha. "Tenho muito orgulho de participar desse momento, desse grupo, de ajudar a levar de volta para a Libertadores um clube com essa grandeza."

FICHA TÉCNICA

SANTOS X FLUMINENSE 

SANTOS - João Paulo; Pará, Luan Peres, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Alison, Sandry e Jean Mota (Ivonei); Marinho, Marcos Leonardo e Lucas Braga. Técnico: Cuca.

FLUMINENSE - Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe e Nenê; Luiz Henrique, Fred e Lucca. Técnico: Marcão.  

ÁRBITRO -  Savio Pereira Sampaio (DF).

HORÁRIO - 18h15. 

LOCAL - Vila Belmiro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.