Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Santos tenta vencer a sétima seguida, contra o Mirassol

Com desfalques, Dorival Junior escala novo meio-campo e ataque para o jogo no interior do estado

Sanches Filho, Especial para O Estado de S. Paulo

20 de fevereiro de 2010 | 23h51

Com o time bastante alterado, o Santos, líder com 22 pontos, tenta a sétima vitória seguida no Campeonato Paulista, neste domingo às 17 horas (com trnamissão online do estadao.com.br), contra o Mirassol, fora de casa.

Veja também:

lista PAULISTÃO - Leia mais sobre a competição

PAULISTÃO 2010 - lista Tabela | tabelaClassificação

Sem dois dos seus principais jogadores, Neymar e Paulo Henrique, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Dorival Júnior sai do 4-3-3 e volta ao 4-4-2, de sua preferência. Marquinhos, poupado contra o Bragantino formará o meio-de-campo com Rodrigo Mancha, Roberto Brum e Wesley.

Robinho e André serão os atacantes. A dúvida de Dorival está entre escalar Maranhão na lateral-direita, mantendo Pará na esquerda, ou escalar Pará na direita e Wesley na esquerda.

Mesmo com a apresentação de gala na goleada por 6 a 3 contra o Bragantino, quinta-feira, o sempre prudente Dorival Júnior fez restrições. "O placar não me animou. Não se pode negar que fazer tantos gols é bom, mas tomar três, não".

Embora satisfeito, exige que os jogadores pensem primeiro no coletivo e depois em dar espetáculo. "Sinceramente, não acreditava que pudéssemos atingir esse nível em que nos encontramos tão rapidamente. A equipe encaixou, mas agora chegou a hora de administrar, para saber se somos favoritos ao título."

O jogo contra o Mirassol vai servir para que o treinador esqueça momentaneamente o futebol arrasador do time do meio para frente e concentre as atenções na armação de um sistema seguro de marcação.

O jogo deste domingo promete ser também mais um duro teste para Robinho. Sem a companhia de Neymar e Paulo Henrique Ganso, o atacante deverá sofrer uma marcação mais rígida, pois será o único jogador "diferenciado" em campo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.