Santos terá 3 desfalques em Caxias

Ainda sob o efeito do empate em 4 a 4 com o Cruzeiro, no domingo, depois de uma vantagem de 4 a 1, o Santos busca a recuperação nesta quarta-feira, contra o Juventude, em Caxias do Sul. Se voltar a vencer, a equipe santista manterá a liderança do Brasileiro, deixando para trás o Juventude, que também soma 48 pontos. O Atlético-PR tem a mesma pontuação, mas está em segundo lugar nos critérios de desempate. O técnico Vanderlei Luxemburgo tem três desfalques para enfrentar o Juventude. O atacante Robinho está na Seleção Brasileira, enquanto o goleiro Tápia se integrou ao grupo do Chile que jogará no final de semana pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. O lateral-direito Paulo César, com uma lesão na coxa direita, nem acompanhou a delegação a Caxias do Sul. Em compensação, o zagueiro André Luís e o volante Fabinho, que cumpriram suspensão no domingo, retornam ao time. O grupo seguiu direto de Belo Horizonte para a cidade gaúcha, onde chegou na noite de segunda-feira. Nesta terça-feira à tarde, Luxemburgo comandou um treino no Estádio Centenário, do Caxias. Nesse trabalho, ele praticamente definiu a equipe, embora não tenha confirmado oficialmente. Luxemburgo disse esperar que, contra o Juventude, o Santos mantenha o padrão apresentado durante 75 minutos da partida contra o Cruzeiro. Ele recomendou aos jogadores muita atenção na marcação. Em relação à ausência de Robinho, o técnico disse que faz falta, mas Basílio tem condições de substituí-lo bem. O meia Elano afirma que considera o jogo difícil. Na sua opinião, o empate diante do Cruzeiro não terá influência no jogo desta quarta-feira. "A equipe teve um relaxamento e está consciente da besteira. Vamos esquecer o que passou".

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.