Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santos terá Braz e Bruno Henrique na Bahia na luta por reabilitação no Brasileiro

Dupla se recupera de lesão e está à disposição do técnico Elano

Estadão Conteúdo

16 Novembro 2017 | 08h34

O Santos tentará se recuperar no Campeonato Brasileiro na partida contra o Bahia, nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 35.ª rodada da competição. A derrota para a Chapecoense - 2 a 0, em Chapecó (SC) - tirou as esperanças do time na conquista do título e trouxe preocupação quanto à permanência no G-4 - grupo de equipes que garantirão acesso direto à fase de grupos da Copa Libertadores em 2018.

+ Tabela do Campeonato Brasileiro

+ Elano lamenta derrota do Santos e nega problemas com Lucas Lima

Para enfrentar o time tricolor baiano, o técnico interino Elano deverá contar com os retornos do zagueiro David Braz (recuperado de um edema na coxa esquerda) e do atacante Bruno Henrique (que cumpriu suspensão automática), artilheiro do time na temporada.

O meia Lucas Lima, sacado no início da segunda etapa na Arena Condá, prestes a ter o contrato encerrado com o clube e com dificuldades para a renovação - especula-se que o destino do jogador no próximo ano será o Palmeiras -, também estará entre os titulares.

Desfalque certo será o lateral-esquerdo Caju, que sente dores musculares na perna esquerda. Para o seu lugar, o treinador santista deverá improvisar Victor Ferraz, lateral-direito de origem, mas que atuou como meia na partida contra a Chapecoense.

Com 56 pontos, a equipe santista ocupa a quarta posição no Nacional - era vice-líder na rodada anterior -, mas precisa de vitórias para não perder o posto. A quatro rodadas do fim do Brasileirão, Cruzeiro, Botafogo, Flamengo e até o Vasco são clubes que ainda buscam um lugar no G4 e podem ultrapassar o Santos na tabela de classificação.

Mas são os dois primeiros clubes cariocas aqueles que alimentam também o desejo de terminar o campeonato entre os quatro primeiros e, consequentemente, podem ameaçar o Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.