Santos terá duas novidades contra o Vasco

O Santos está pronto para entrar em campo amanhã, às 16 horas, na Vila Belmiro, para enfrentar o Vasco da Gama, na seqüência do Campeonato Brasileiro. Emerson Leão confirmou as entradas de Preto e Rubens Cardoso nos lugares de Pereira e Léo, suspensos com cartões amarelos. E também o retorno de Daniel e Elano ao meio-campo em substituição a Wellington e Júlio César, que voltam para a reserva. Leão continua com problemas para escalar a equipe. Não pode contar com nada menos do que dez jogadores entre os que estão em seleções (5), suspensos (4) e machucado (1). Mesmo assim, o Santos segue bem na tabela de classificação e ocupa a terceira posição com 38 pontos e um jogo a menos em relação aos líderes Cruzeiro (43) e São Paulo (41). Ainda hoje, Leão comentou o resultado dos jogos dos adversários diretos, que acabaram por favorecer sua equipe. "Dentro de um dia ruim, avançamos um ponto", argumentou, referindo-se ao empate com o Goiás. Isso porque Cruzeiro e São Paulo perderam seus compromissos. Sobre o confronto com o Vasco da Gama, Leão reconhece que o adversário possui vários jogadores experientes, o que pode dificultar suas pretensões. Mesmo sabendo que o Vasco ocupa uma modesta décima-sétima posição, o técnico não considera o seu time favorito. "A gente tem de respeitar o Vasco, que é um bom time". Os problemas de falta de jogadores que vem enfernizando sua vida há várias rodadas estão com os dias contados e devem se encerrar a partir de segunda-feira, quando o time começa a se preparar para o jogo de meio de semana, contra o Atlético Paranaense, em Curitiba. Fábio Costa e Fabiano terão a pena de quatro partidas de suspensão terminada, e os quatro atletas que servem à seleção sub-23, Alex, Paulo Almeida, Diego e Robinho, voltarão aos treinos. Pelo menos, é o que Leão espera. Ele até já traçou um plano. Brasil e México decidem a Copa Ouro ao meio-dia de domingo - horário local. Há um vôo que deixa a Cidade do México às 19h40. "Quero que eles estejam à bordo", afirma. O avião deve pousar em São Paulo às 7 horas da manhã de segunda-feira. "Eles descansam e vêm treinar à tarde", sentencia. E se depender de Leão, todos jogam em Curitiba. "Eles saíram do time por mérito para a seleção brasileira, e agora voltam à equipe titular naturalmente". O que significa dizer que Pereira, Daniel, Jerri e Nenê têm a reserva como destino. Brincadeira - O lateral-esquerdo Léo passou por maus momentos hoje nas mãos dos quatro goleiros do Santos. Uma brincadeira roubou a cena no CT Rei Pelé. Acostumado a provocar Fábio Costa, Júlio Sérgio, Mateus e Rafael, Léo teve de enfrentar a fúria dos companheiros. Foi levado à força até um poste, amarrado e ainda teve a cabeça coberta por um pano. Permaneceu imobilizado por quase 25 minutos.O treino se encerrou, todos se retiraram e Léo ficou preso ao poste. Até que um segurança foi resgatá-lo. "Ele é muito chato, vive enchendo nosso saco", disse Fábio Costa. "Perturba a gente toda a hora". Léo se defende e promete vingança. "Vai ter volta, pode esperar". Diferenças físicas entre os dois atletas? "Não tem problema, o elenco está do meu lado", alegra-se o lateral.

Agencia Estado,

25 de julho de 2003 | 19h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.