Arquivo/Estadão
Arquivo/Estadão

Santos terá força máxima no jogo contra o Penapolense

O único desfalque será Renê Júnior, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo

SANCHES FILHO, Agência Estado

18 de abril de 2013 | 21h08

O Santos vai escalar o que tem melhor para enfrentar o Penapolense, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 19.ª e última rodada da fase de classificação doCampeonato Paulista. A decisão foi tomada pelo técnico Muricy Ramalho após a vitória contra o Flamengo-PI, pela Copa do Brasil, embora o time não tenha mais possibilidade de tirar o São Paulo do topo da classificação e também não corra o risco de sair do G4. O único desfalque será Renê Júnior, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Como o argentino Patito Rodriguez não jogou bem contra o Flamengo, é possível que Muricy Ramalho volte a escalar Giva ao lado de Neymar. O substituto de Renê Júnior será Alan Santos, que está em alta depois de ter mostrado eficiência na marcação e qualidade no passe ao entrar no lugar de Arouca.

O próximo adversário do Santos na Copa do Brasil é o Joinville e o primeiro jogo será disputado no estádio do adversário, no dia 1.º ou 8 de maio.

Após a vitória da última quarta que colocou o Santos na segunda fase da Copa do Brasil, Muricy Ramalho anunciou que pretende antecipar o encerramento de sua carreira, em razão dos problemas de saúde que enfrentou em 2011 (hérnia de disco) e no começo do mês (crise de diverticulite). "Dirijo um grande time e vivo isto aqui 24 horas por dia. E por causa disso que a gente fica doente. Devido ao estresse. Mas vou ter que aguentar a luta pelo menos até o fim do ano", afirmou o treinador, cujo contrato com o Santos terminará em dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCMuricy Ramalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.