Maurício de Souza/Estadão
Maurício de Souza/Estadão

Santos terá Giva e Neymar no ataque na partida contra o Oeste pelo Paulistão

Com status de titular, garoto será uma das principais armas do time da Vila; acompanhe o jogo no estadao.com

SANCHES FILHO, Agência Estado

31 de março de 2013 | 08h05

SANTOS - Há quatro dias, Giva disse que seria a realização de um sonho jogar ao lado de Neymar se o técnico Muricy Ramalho confirmasse a sua escalação contra o Mogi Mirim. A nova promessa do Santos não só jogou, como também fez gol (o segundo do empate por 2 a 2) e teve a atuação elogiada pelo treinador e pelo ídolo, que prevê futuro de sucesso para ele. Neste domingo, às 18h30, contra o Oeste, no estádio Alfredo Castilho, em Bauru, pela 16.ª rodada do Campeonato Paulista, Giva, oficializado como novo titular, pode compensar outra vez o momento negativo de Neymar, que não consegue reencontrar o caminho das redes há seis jogos (quatro pelo Santos e dois pela seleção brasileira).

"Não só eu, mas todo jogador da base olha para Neymar e sonha um dia ser como ele", disse Givanildo ou Giva, como passou a ser chamado ao se juntar aos profissionais do Santos no começo da temporada. Ele estreou contra o XV de Piracicaba, na nona rodada do Paulistão, no lugar de Neymar, que tinha sido expulso diante da Ponte Preta e cumpria suspensão. Naquela partida, a nova promessa santista não fez gol, mas impressionou positivamente, tanto que participou todos os jogos seguintes começando como titular ou entrando no segundo tempo.

Em uma semana, a vida de Giva, de 20 anos, sofreu uma enorme transformação. Com seus dois primeiros gols, deu a vitória por 2 a 1 ao Santos contra o Mirassol, ganhou um carro compacto da montadora chinesa Cherry, dado de presente para sua mãe, que ainda mora em Cachoeira, na Bahia, e começou a deixar para trás André, Miralles e outra revelação do clube, Victor Andrade. Contra o Mogi Mirim, o torcedor que foi à Vila Belmiro certo de que Neymar e Montillo comandariam o espetáculo viram Giva fazer as vezes do jogador mais famoso do time.

"Achamos o companheiro de Neymar. Giva está indo bem e fazendo gol", disse Muricy Ramalho após o jogo contra o Mogi Mirim. Para o treinador, o novo titular da camisa 9 é difícil de ser marcado porque alterna a forma de jogar, às vezes caindo para os lados e fechando na diagonal e, em outras, fica fixo no meio. "De repente ele aparece de surpresa na área, como aconteceu no gol dele".

Os titulares folgaram na sexta-feira e reapresentaram-se na manhã de sábado para a viagem a Bauru, onde realizaram o último treino antes do jogo. Edu Dracena, que apresenta sinais de cansaço pela sequência de jogos, será poupado - Neto entra no seu lugar. Outro que está fora é Léo, que sofreu uma pancada no pé esquerdo. Com a ausência do lateral-esquerdo, Guilherme Santos, um dos sete reforços contratados para a temporada, terá nova oportunidade depois de um início decepcionante nas primeiras rodadas do Paulistão.

FICHA TÉCNICA

OESTE - Jaílson, Antônio Carlos, Dezinho, Ligger, Dedê, Leandro Teixeira, Hudson, Wanderson, Fernandes, Lelê, Serginho. Técnico: Roberto Cavalo

SANTOS - Rafael, Bruno Peres, Neto, Durval, Guilherme Santos, Renê Júnior, Arouca, Cícero, Montillo, Giva, Neymar. Técnico: Muricy Ramalho

ÁRBITRO - Rodrigo Guarizo do Amaral

LOCAL - Alfredo Castilho, em Bauru

HORÁRIO - 18h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.