Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Santos toma um passeio do Paulista no Pacaembu: 3 a 1

Neymar ainda faz gol de honra no finalzinho, mas o craque fica devendo mais uma vez

Gabriela Forlin, O Estado de S. Paulo

10 de fevereiro de 2013 | 16h00

SÃO PAULO - Pela primeira vez na temporada com força máxima, contando com a estreia de Marcos Assunção e a volta de Edu Dracena após longo tempo parado por contusão, o

A chuva, que começou aos quatro minutos, apertou aos 11, deixando o campo pesado e o jogo cada vez mais lento. Alguns minutos depois, a drenagem do Pacaembu já perdia a disputa para a tempestade. Assim, nenhum jogador conseguia carregar a bola sem que ela mudasse de velocidade ou direção.

Mesmo assim, o Santos conseguiu uma boa chance de gol aos 17 minutos, com a primeira bola parada do estreante Marcos Assunção. Ele cobrou escanteio baixo, a bola bateu na zaga e voltou. Na segunda tentativa, o cruzamento foi perfeito para Durval cabecear, mas ele mandou para fora.

A partir daí, o Santos começou a atacar mais, chegando várias vezes na área adversária e dando trabalho para o Paulista até o final da primeira etapa. Aos 26 minutos, por exemplo, Montillo pegou a sobra do escanteio e bateu de primeira, mas a bola passou por cima do gol. E aos 41, o mesmo Montillo desperdiçou grande chance mandando um voleio para fora.

As duas equipes voltaram do intervalo sem alterações para o segundo tempo. A chuva deu uma trégua e gramado ficou melhor. Assim, o ritmo do jogo melhorou consideravelmente. Na busca pelo primeiro gol, a pressão foi toda do Santos nos minutos iniciais.

No entanto, a fome de bola santista acabou prejudicando o time: Guilherme Santos pegou Cassiano Bodini por trás, dentro da área, e o árbitro marcou o pênalti. Marcelo Macedo cobrou e abriu o placar para o Paulista aos nove minutos.

Aos 18 minutos, Neymar, que até então tinha jogado pouco, fez sua primeira grande aparição: recebeu na entrada da área e driblou um zagueiro, mas teve seu chute desviado. Marcos Assunção foi destaque em duas cobranças de falta. Na primeira, fez com que Cícero, sozinho, desviasse de cabeça para o gol, mas Richard defendeu com segurança. Na segunda, o veterano chutou direto para o gol, mas o defensor do Paulista fez bela defesa no canto.

Neymar finalmente desabrochou aos 35 minutos, quando cobrou uma falta com precisão e mandou a bola na trave. Mas o jogo não estava fácil para o Santos. A expulsão de Matheus Galdezani, que chegou muito forte no principal astro santista e levou o segundo amarelo, parecia a chance perfeita para uma recuperação nos últimos minutos.

Mas o Paulista mostrou força e, assim que perdeu um dos jogadores, ampliou a vantagem com o Rodolfo Testoni, que marcou aos 39 minutos num chute de falta. O Santos desmoronou e acabou abrindo espaço para Cassiano Bodini fazer o terceiro aos 41. Para diminuir o estrago, Neymar ainda marcou o seu nos acréscimos. O jogo, porém, terminou com derrota santista no Pacaembu.

SANTOS 1 x 3 PAULISTA

SANTOS - Rafael; Bruno Peres (André), Edu Dracena, Durval e Guilherme Santos; Arouca, Marcos Assunção, Cícero e Montillo (Patito Rodríguez); Neymar e Miralles. Técnico: Muricy Ramalho.

PAULISTA - Richard; Thales, Dráuzio, Lázaro e Rodolfo Testoni; Matheus, Kasado, Chiquinho e Renato Ribeiro; Cassiano Bodini e Marcelo Macedo (João Henrique). Técnico: Giba.

GOLS - Marcelo Macedo (pênalti), aos 9, Rodolfo Testoni, aos 39, Cassiano Bodini, aos 41, e Neymar, aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho.

CARTÕES AMARELOS - Lázaro, Matheus e Chiquinho (Paulista); Marcos Assunção e Neymar (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Matheus (Paulista).

RENDA - R$ 652.560,00.

PÚBLICO - 18.381 pagantes.

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

TEMPO REAL

Comentários de ROBSON MORELLI

SEGUNDO TEMPO

48min - Fim de jogo.

47min - GOOOLLLL DO SANTOS, de Neymar: 3 a 1. Gol de honra do Santos. Ele chuta do jeito que a bola foi rolada. O 6º dele no Paulistão. 

45min - O Paulista arrebentou o Santos no Pacaembu. Jogou bem postado, saindo em velocidade e com qualidade e com uma marcação muito boa, sobretudo em Neymar.

42min - Neymar recebe amarelo por reclamação.

41min - GOOOLLLL DO PAULISTA, de Cassiano: 3 a 0. O gol coroa a boa atuação do atacante do Paulista.

39min - GOOOLLLL DO PAULISTA, de Rodolfo Testoni, de falta: 2 a 0. O goleiro Rafael estava adiantado.

37min - Em contra-ataque, Cassiano acerta o travessão do Santos. Na sequência, Matheus recebe o amarelo por falta em Neymar. Ele já tinha amarelo. O Paulista fica agora com 10.

36 - Patito entra no lugar de Montillo, na última alteração do Santos. O time da Vila fica com a bola.

35min - Falta em Miralles. Outra chance de bola parada do Santos... essa Neymar bate e obriga Richard a tentar outra boa defesa. A bola bateu na trave.

32 - João Henrique no lugar de Marcelo Macedo, autor do gol de pênalti do Paulista.

31min - O Santos tem uma falta perigosa na entrada da área, sofrida por Neymar. Bola para Marcos Assunção... que cobra bem e obriga o goleiro Richard a fazer boa defesa. Ele cai para dentro do gol e a bola sai.

28min - O Santos muda: André entra no lugar de Bruno Peres. O Santos ganha um atacante na área do Paulista e força nas jogadas aéreas. O torcedor vaia o time timidamente.

27min - Neymar e Thales têm bom duelo. O marcador do Paulista leva a melhor até agora. Neymar até falta de Thales já fez, tamanho seu íncômodo com o lateral.

24min - Em escanteio, o goleiro do Paulista falha, deixa a bola passar e quase toma gol de cabeça de Dracena.

21min - Montillo aparece pouco. O Santos tenta... tenta... tenta, mas não consegue criar jogadas perigosas. Parece que o Santos vive um pouco aquela dependência que o Palmeiras tinha das bolas paradas de Marcos Assunção. O Paulista também marca muito bem.

18min - Neymar faz jogada individual, demora para chutar e quando chuta, acerta o jogador rival.

15min - Marcos Assunção recebe amarelo. Deu um rodo em Chiquinho. O Paulista toca a bola no ataque, joga bem, com calma e inteligência. E não abriu mão do ataque após o gol.

13min - A linha de defesa e dos volantes do Paulista marcam muito bem. Ninguém do Santos recebe a bola sem ter uma sombra de Jundiaí ao lado. Isso impede que os atacantes do Santos pensem para fazer as melhores jogadas, e são facilmente desarmados.

11min - O Santos muda. Felipe Anderson entra para a saída de Guilherme Santos. Muricy não aprova a atuação do seu lateral, o mesmo que fez o pênalti.

9min - O Santos tenta o empate muito afoito, com Neymar e Miralles não se entendendo bem. Montillo está muito atrás.

6min - GOOOOOLLLL DO PAULISTA, de Marcelo Macedo, de pênalti: 1 a 0.

5min - Pênalti para o Paulista. Os jogadores do Santros reclamam muito. Guilherme vai agarrando Cassiano até entrar na área....

4min - O Paulista continua apostando nas bolas esticadas e na velocidade de seus atacantes. O Santos tem a bola. E Neymar começa a receber mais faltas do que no primeiro tempo.

2min - O Santos volta em cima. O gramado está mais seco e a torcida empurra o time para cima do Paulista.

1min - Começou. Marcos Assunção disse após o primeiro tempo que esperava que a condição do gramado melhorasse para que o Santos pudesse atacar com mais qualidade, e fazer os gols. A chuva parou na região do Pacaembu, em São Paulo. Os treinadores não fazem mudança nos times.

PRIMEIRO TEMPO

RESUMÃO - O jogo não foi dos melhores. A bola pesada e o gramado com poças d´água dificultaram para as duas equipes. O Paulista chutou mais para o gol e obrigou o goleiro Rafael a fazer boas defesas. O Santos, com Neymar, ciscou, mas não ofereceu perigo.

46min - Acabou o primeiro tempo.

45min - Mateus recebe amarelo por falta em Neymar. Tanto ele quanto o técnico Giba reclamam com a arbitragem.

44min - Neymar é marcado de perto, por setor. E não consegue arrumar nada na defesa do Paulista.

41min - Montillo tenta o voleio, mas manda a bola para fora. Subiu muito.

40min - Como tem dificuldades para chegar bem na área do Paulista, que faz boa partida nesse primeiro tempo, o time de Muricy tenta a bola levantada na área. Até agora não conseguiu muita coisa.

36min - O Santos faz uma linha de impedimento perigosa porque ela é feita quase perto do meio do campo. Uma bola bem enfiada pode deixar a zaga em maus lençóis.

32min - Renato Ribeiro, do Paulista, conduz bem a bola, mas não consegue ainda se livrar das poças. Insiste nesse tipo de jogada e perde todas.

30min - O Paulista tenta chegar ao gol do Santos com toques rápidos e mais longos. Aposta na velocidade de seus homens de frente.

28min - Rafael faz outra defesa em chute de Rodolfo Testoni. Mais um chute à queima rouba, de dentro da área do Santos.

26min - Neymar troca suas chuteiras.

25min - Assunção bate outra falta, mas a bola desvia na barreira. A bola parada do volante é boa opção no Pacaembu.

23min - É claro que o Santos é o maior prejudicado nesse gramado. O time de Muricy não consegue se valer das velocidades de Neymar e Miralles, nem do toque de bola de Montillo.

21min - O jogo fica muito disputado em função das poças d'águas. A bola não rola mais com facilidade. Jogadas mais duras começam a ocorrer, sobretudo do lado do Paulista. O bom é que a chuva parou nesse momento.

17min - As poças d'águas atrapalham a movimentação da bola dos dois lados. Após escanteio batido por Marcos Assunção, Durval manda de cabeça para fora. Bom momento do Santos. O jogo não é dos mais bonitos.

14min - Nas costas das camisas do Santos, na versão azul, o clube colocou um patrocinador da casa: Instituto Projeto Neymar Jr.. É com esse uniforme que o time tenta bater o Paulista nesse domingo de carnaval.

12min - O jogo recomeça...

10min - Rafael faz defesa ótima em chute de Marcelo Macedo de dentro da área. O Paulista já teve duas boas chances de gol. O Santos parece sonolento nesses primeiros minutos. Após a defesa, Rafael pede atendimento médico.

9min - E quem esperava um Neymar endiabrado para cima dos marcadores, como ele mesmo prometeu para apagar sua atuação ruim pela seleção, até agora nada. O craque está tímido no Pacaembu.

7min - Cassiano Bodini arrancou pela direita e deu suador na marcação do Santos. O atacante invadiu a área e chutou, para fora. Foi a primeira boa jogada do Paulista, que vai jogar no contra-ataque.

4min - Com Marcos Assunção de primeiro volante, Arouca se solta um pouco mais. O Paulista, na 13ª posição, ainda não mostrou nada.

2min - O Santos joga no Pacaembu, debaixo de chuva forte em São Paulo. O time toca a bola, sem pressa para fazer seu primeiro ataque. O público é bom.

1min - Começou. O Santos joga para reassumir a liderança da competição. Marcos Assunção, ex-Palmeiras, faz sua primeira partida com a camisa do time da Vila.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.