Santos transfere pressão para o rival

O Santos goleou o Mogi-Mirim hojepor 5 a 1, ratificou sua boa fase no Campeonato Paulista edeixou o Estádio Wilson Fernandes de Barros sabendo quem seráseu adversário na fase semifinal: o Corinthians. Com três golsmarcados, Dodô foi o destaque do jogo. Elano e Marcelo Silvatambém marcaram para o time de Geninho, que com esse resultado colocou a pressão no Corinthians. O time de Wanderley Luxemburgo está obrigado a vencer o São Paulo neste domingo se quiser ter a vantagem do empate na semifinal. Na outra ponta da tabela, a derrota por goleada, de virada e dentro de casa, rebaixou o time do Mogi Mirim à segundadivisão. Dirigido interinamente por Henrique Stort, diretor deFutebol, o Mogi começou o jogo assustando o Santos, que jogousem seus dois jogadores de seleção brasileira. Aos 9 minutos, oMogi fez 1 a 0: num contra-ataque, os quatro defensores dosantistas se posicionaram em linha, Jó recebeu nas costas deMichel e tocou na saída de Fábio Costa. O empate aconteceu aos 17 minutos. Dodô entrou com abola dominada pela meia-direita e tocou para Deivid, que cruzoupara Elano. Próximo à marca do pênalti, Elano dominou, driblou ovolante Márcio e fez o gol. O Mogi criou duas boas oportunidadespara desempatar, aos 19 e 21 minutos. Nos dois ataques, FábioCosta fez boas defesas. O goleiro do Santos foi um dos melhores jogadores doSantos no primeiro tempo. As seguidas falhas da defesa fizeramcom que Fábio Costa discutisse com Michel e Claudiomiro. As esperanças do Mogi de permanecer na primeira divisãoterminaram a partir de 11 minutos do segundo tempo, quando oSantos fez 2 a 1. Rincón lançou Russo na direita. O lateralchutou em diagonal. O goleiro Mauro ainda conseguiu fazer adefesa com os pés, mas a bola sobrou para Dodô, que marcou. Os jogadores do Mogi se abateram. Dodô marcou o terceirogol santista aos 23 minutos, aproveitando bola rebatida pelogoleiro Mauro. Marcelo Silva fez 4 a 1, de cabeça, aos 32minutos. Aos 40 minutos, Richardson empurrou Russo dentro daárea. Dodô cobrou o pênalti, aos 41 minutos, e fez 5 a 1. Ocentroavante santista soma 10 gols no campeonato. O artilheiro éWashington, da Ponte Preta, com 14 gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.