Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Santos treina sem Jair Ventura e três jogadores, mas tem volta de Renato

Daniel Guedes, David Braz e Vladimir foram as ausências na atividade

Estadão Conteúdo

16 de julho de 2018 | 11h42

Em preparação para o clássico com o Palmeiras, quinta-feira, no Pacaembu, o elenco do Santos treinou na manhã desta segunda-feira no CT Rei Pelé sem o seu técnico, Jair Ventura, além de Daniel Guedes, David Braz e Vladimir. Em compensação, Renato trabalhou normalmente, indicando estar à disposição para o duelo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Sasha diz que Santos fez boa preparação no México e exibe confiança para clássico

+ Recuperado, Alison projeta evolução do Santos 'degrau a degrau'

Jair foi liberado pela diretoria para acompanhar o nascimento de sua filha no Rio. Sem o treinador, a atividade, que só foi aberta à imprensa durante o aquecimento, foi comandada pelo auxiliar técnico Emilio Faro e também pelo preparador físico Ednilson Sena.

O lateral Daniel Guedes e o zagueiro David Braz voltaram a ficar de fora do treinamento, assim como havia ocorrido no domingo, por causa de uma virose. A situação deles será monitorada nos próximos dias, com ambos sendo dúvida para o clássico contra o Palmeiras.

Renato, por sua vez, também havia ficado de fora da atividade de domingo do Santos no CT Rei Pelé por causa de uma virose. Mas como trabalhou nesta segunda, se tornou mais uma opção para Jair escalar o meio-campo santista na quinta-feira.

Já o goleiro Vladimir está no departamento médico com uma tendinite na coxa esquerda e vai desfalcar o Santos no clássico. O mais provável é que Jair opte por João Paulo para ocupar a vaga de reserva imediato de Vanderlei no gol santista.

A tendência, assim, é que o Santos entre em campo na quinta com a seguinte formação: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Jean Mota (Renato) e Rodrygo; Eduardo Sasha, Gabriel e Bruno Henrique.

Com 13 pontos somados em 11 jogos, o Santos está em 15º lugar no Brasileirão, com apenas um de vantagem para a zona de rebaixamento. O time já enfrentou o Palmeiras três vezes nesta temporada, com uma vitória e duas derrotas.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.