Santos usa o esquema das goleadas diante do Prudente

O Santos das goleadas está de volta para enfrentar o lanterna Prudente, neste domingo, às 18h30, na Vila Belmiro, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com todos os jogadores à disposição pela primeira vez, o técnico interino Marcelo Martelotte escalou o time com três atacantes, no esquema que Dorival Júnior adotava no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil e que desmontava qualquer sistema defensivo. Será o 70.º jogo do Santos na temporada, com 168 gols marcados, e Neymar usará a camisa 70 para comemorar o aniversário do Rei Pelé, que fez 70 anos no sábado.

SANCHES FILHO, Agência Estado

24 de outubro de 2010 | 08h27

Os santistas digeriram a derrota sofrida diante do São Paulo, no clássico de domingo passado, no Morumbi, descansaram no começo da semana e depois se prepararam para a arrancada final rumo ao terceiro título da temporada. A primeira das seis vitórias necessárias para o time ganhar o Campeonato Brasileiro, pelos cálculos de Martelotte, tem tudo para ser neste domingo porque nem as remotíssimas probabilidades matemáticas animam o Prudente a continuar lutando para não ser rebaixado à Série B. Com apenas 21 pontos nos 30 jogos disputados, o ex-Barueri fez 28 gols, sofreu 48 (saldo negativo de 20) e precisa vencer as oito partidas restantes para chegar aos 45 pontos, que teoricamente poderiam livrá-lo da queda.

Um mês depois de ter estreado com derrota por 3 a 2 diante do Corinthians, na Vila Belmiro, ao ocupar a vaga do demitido Dorival Júnior, Martelotte não esconde o entusiasmo por poder escalar todos os titulares e ainda contar com jogadores de qualidade no banco de reservas, o que permitirá que faça alterações para mudar no decorrer da partida, para mudar a maneira da equipe jogar. E, principalmente, com a evolução do time e a possibilidade de se tornar campeão brasileiro com 16 jogos.

A maior novidade santista será o retorno de Keirrison. O atacante ficou fora nos últimos nove jogos e apesar de ter participado de sete partidas (marcou apenas um gol), ainda deve uma atuação convincente pelo clube que o contratou por empréstimo do Barcelona até 31 de julho de 2011. E se depender da vontade dele, o Keirrison de Coritiba de 2008 e do Palmeiras, no Paulista do ano passado, "estreia" neste domingo.

Com a ausência de Pará, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Martelotte recuou Danilo do meio de campo para a lateral direita, o que possibilitou a escalação do terceiro atacante. Léo, recuperado do trauma no pescoço, será o lateral-esquerdo no lugar de Alex Sandro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.