Ricardo Saibum/AGIF
Ricardo Saibum/AGIF

Santos vai a Pernambuco para confirmar ascensão

Equipe enfrenta o Sport de olho no G-4

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2015 | 07h00

Antes considerado por muitos um sonho impossível, o G-4 passou a ser um objetivo próximo de ser alcançado pelo Santos. Invicto há oito rodadas, a equipe enfrenta o Sport, hoje, às 18h30, na Ilha Retiro, em busca de mais uma vitória para entrar de vez no bloco dos líderes do Campeonato Brasileiro.

A equipe vive grande fase e ganhou seus últimos jogos: três pelo Nacional e dois, contra o Corinthians, na Copa do Brasil. Para manter o embalo, conta hoje com a volta de Gabriel. O atacante não participou das vitórias sobre Cruzeiro e Chapecoense devido a uma lesão na coxa direita sofrida no segundo jogo com o Corinthians.

O técnico Dorival Junior também aposta alto no poder de fogo de Ricardo Oliveira, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 14 gols. Geuvânio, com uma lesão na coxa direita, é desfalque. O atacante será substituído por Neto Berola, que vinha atuando no lugar de Gabriel.

“Temos de continuar ganhando. Estamos há um tempo sem perder, somando pontos, mas não chegamos ao objetivo ainda. Temos de continuar nessa pegada para conseguir o objetivo: chegar no G-4”, afirmou o zagueiro David Braz.

O defensor cita o exemplo do Flamengo, que em 2009 iniciou o campeonato mal, mas depois de uma arrancada no segundo turno ficou o título. “Espero que possa acontecer novamente. É difícil, mas não impossível”, lembrou o zagueiro, que participou daquela campanha.

Se o Santos está no seu melhor momento no Brasileirão, a situação do Sport é inversa. O time pernambucano, após um início surpreendente, caiu de produção e está há oito jogos sem vencer. A sequência de maus resultados derrubou o time na tabela de classificação. Mesmo assim, o técnico Eduardo Baptista não vai mexer no time e repetirá hoje a escalação que empatou por 0 a 0 com o Coritiba na última rodada. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.