Santos vai para Atibaia ou Rio Preto

Em Atibaia ou Rio Preto, no interior de São Paulo, os jogadores do Santos vão ficar isolados, a partir de quarta-feira, preparando-se para derrotar o Vasco da Gama, domingo à tarde, na última etapa para conquistar o segundo Campeonato Brasileiro de sua história. Depois do jogo de domingo, contra o São Caetano, no ABC, o técnico Vanderlei Luxemburgo disse que o time treinaria amanhã e quarta no CT Rei Pelé e viajaria na quinta-feira para São José do Rio Preto "para ficar no clima do local do jogo", mas hoje já havia mudado de idéia. "Amanhã vamos decidir para onde ir. De qualquer maneira, não vamos ficar em Santos", adiantou o técnico, que é supersticioso e deve optar por Atibaia, onde o grupo se preparou para a partida com o São Caetano, que marcou a recuperação da liderança. A sua decisão de tirar os jogadores da Baixada Santista é para evitar o assédio dos torcedores, que estão comemorando o título desde o final do jogo de domingo. A idéia de alguns jogadores de levar Robinho para ficar junto com o time na concentração e para assistir no estádio ao jogo do título, foi repelida por Vanderlei Luxemburgo. O atacante está afastado desde o seqüestro de sua mãe, dona Marina, no dia 6 de novembro, e a única possibilidade de sua volta é que o caso tenha um desfecho favorável nas próximas horas. "O problema de Robinho tem que se tratado separadamente. Por isso, não vamos criar expectativa em torno dele.Deixe ele cuidar de seu assunto, que é grave. Portanto, Robinho não viaja jogar e nem para ficar com o grupo", disse Luxemburgo. "Robinho foi muito importante nessa campanha do Santos, decidindo vários jogos para a gente e por isso seria justo ele estar com a gente neste momento. Para jogar eu sei que não pode, mas pelo menos para ficar com a gente", disse Deivid após o jogo de domingo, em São Caetano. "Como ele vem treinando de segunda a segunda, está em forma e o ideal seria que o problema da mãe dele fosse resolvido logo para que ele pudesse jogar, mas se isso não acontecer, talvez ele possa ir ver o jogo." O último jogo de Robinho foi em São José do Rio Preto, na goleada por 5 a 0 contra o Fluminense. Ele fez três gols e foi o melhor em campo. No dia 7 de novembro, estava concentrado com o time em Criciúma, em Santa Catarina, para enfrentar o Criciúma, quando recebeu a notícia do seqüestro de sua mãe e viajar às pressas de volta a Santos, num jatinho fretado. O jogo de domingo será o terceiro do Santos em São José do Rio Preto, na reta de chegada do Campeonato Brasileiro. Com a perda do direito de mandar seus jogos na Vila Belmiro, o time enfrentou o Fluminense e o Grêmio naquele município paulista e ganhou as duas partidas por goleadas - 5 a 0 e 5 a 1, respectivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.