Santos vence Barueri com grande atuação de Neymar

Neymar teve atuação de gala nesta quarta-feira. E inspirado pelo atacante, o Santos conseguiu grande resultado contra o Barueri ao golear por 5 a 0, na Vila Belmiro, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

ALAN RAFAEL VILLAVERDE, Agencia Estado

27 de janeiro de 2010 | 21h53

A equipe, que vinha de um empate e uma derrota nas duas últimas rodadas, conseguiu assim boa recuperação, chegou aos sete pontos e se colocou na briga pela primeira colocação. Já o Barueri continua com apenas três pontos, correndo o risco de entrar na zona de rebaixamento ao término da rodada.

Assim como acontecera nos dois últimos jogos, o Santos dominou no primeiro tempo e criou inúmeras jogadas para, ao menos, fazer quatro gols. Mas a falta de pontaria do ataque santista prevalecia. Aos sete, o estreante Marquinhos recebeu bom passe de André e chutou forte para a defesa do goleiro Márcio. E nos minutos seguintes, Neymar e Paulo Henrique tiveram boas chances e finalizaram para fora.

Solto pela esquerda, Neymar infernizava o lateral Eder, vítima de dois chapéus no mesmo lance. Aos 16, o jovem atacante ficou na cara do gol, mas chutou em cima do goleiro. O que voltaria a acontecer aos 22.

No mesmo ritmo de Neymar estava Paulo Henrique. Sem marcação individual, o santista trocava bons passes e desperdiçava grandes chances. Na principal delas, aos 25, André o encontrou livre pela direita. O meia, no entanto, optou pelo chute com a parte externa do pé direito, colocando a bola para fora.

De tanto pressionar, o Santos finalmente chegou ao primeiro gol aos 33. Léo avançou pela esquerda e chutou forte. A bola ainda tocou na trave direita, antes de caprichosamente ficar livre para a conclusão de André.

Tranquilo com a vantagem, o Santos soube tocar bem a bola no início do segundo tempo. O Barueri ainda teve o zagueiro Diego expulso e deu muito espaço pelas laterais, pagando caro por isso.

Aos 25, Marquinhos desceu pela esquerda e cruzou para Wesley marcar o segundo gol. O terceiro veio quatro minutos depois, com o estreante Zé Eduardo, numa repetição do lance anterior - só que com o cruzamento de Neymar.

A estrela santista fecharia sua noite de gala com dois gols. Aos 33, Alan Patrick tocou, ele deu um drible desconcertante em Eder e bateu firme para vencer Márcio. Por fim, o atacante cobrou pênalti para fechar o placar aos 42.

Agora, o Santos tem pela frente o Oeste no sábado, às 19h30, no Estádio do Pacaembu. Já o Barueri enfrenta o Rio Claro no mesmo dia, às 17 horas, em Presidente Prudente.

FICHA TÉCNICA

Santos 5 x 0 Barueri

Santos - Felipe; Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Rodrigo Mancha, Marquinhos (Breitner), Wesley e Paulo Henrique (Alan Patrick); Neymar e André (Zé Eduardo). Técnico: Dorival Júnior.

Barueri - Márcio; Eder, Diego, Daniel Marques e Jefferson; Marcelo Oliveira, Marcos Assunção, Anderson (João Vítor) e Carlos Eduardo (Ji-Paraná); Flavinho (Marcelinho) e Tadeu. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Gols - André, aos 33 minutos do primeiro tempo; Wesley, aos 25, Zé Eduardo, aos 29, e Neymar, aos 33 e 42 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.

Cartões amarelos - Bruno Rodrigo, Rodrigo Mancha, Neymar, Eder, Daniel Marques, Diego e Marcelinho.

Cartões vermelhos - Diego e Marcelinho.

Público - 5.294 pagantes.

Renda - R$ 116.280,00.

Estádio - Vila Belmiro, em Santos (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.