Santos vence e abre quatro pontos na liderança do Paulista

O Santos venceu mais uma e segue firme na ponta da tabela do Campeonato Paulista. Mesmo jogando mal, o time alvinegro bateu o Rio Claro por 2 a 1, em partida válida pela 15.ª rodada da competição. Apesar da Vila Belmiro estar em condições de jogo, a equipe da Baixada Santista resolveu levar o confronto para o Palestra Itália, onde foi apoiada por quase 14 mil torcedores.Com o resultado, o time de Luxemburgo chegou agora 38 pontos, com 12 vitórias em 15 jogos disputados. O Rio Claro permanece com 12 pontos e segue na 17.ª colocação, na zona de rebaixamento. Para completar o feliz domingo santista, o São Paulo perdeu para o São Caetano e ficou quatro pontos atrás na classificação (38 a 34).O jogo marcou a partida de n.º 600 como profissional na carreira de Zé Roberto e foi muito truncado no primeiro tempo. O Santos marcou com eficiência e buscou o ataque com rapidez; o Rio Claro apelou para as faltas.Em uma dessas jogadas saiu o gol dos anfitriões. Logo aos 10 minutos, Rodrigo Tabata deu um ótimo passe para Marcos Aurélio, que em posição legal, saiu na cara do goleiro Luis Henrique e não desperdiçou a chance.Depois do gol, o time alvinegro relaxou e quase foi surpreendido em uma das raras investidas do Rio Claro ao ataque. Aos 27, o zagueiro Leonardo derrubou Erick perto da entrada da área e Chumbinho cobrou com categoria. A bola explodiu no travessão de Fábio Costa, vendido no lance.Aos 39, aconteceu o lance mais bonito do primeiro tempo. Jogando como segundo volante, Zé Roberto quase não foi ao ataque. Na única investida, pedalou sobre um zagueiro do Rio Claro, driblou mais um e chutou cruzado. A bola passou perto do gol de Luis Henrique.Na etapa complementar, O Rio Claro se lançou se mais ao ataque, já que com o resultado permanecia na zona de rebaixamento. O Santos se preocupou em garantir o resultado e pouco produziu.Quando estava melhor na partida, os visitantes quase foram castigados com um chute de Rodrigo Tabata que explodiu na trave, aos 13 minutos. Quatro minutos depois, Chumbinho deu o troco. Novamente em cobrança de falta, ele acertou a trave santista.Descontente com o desempenho de sua equipe, Luxemburgo colocou Cléber Santana no lugar de Rodrigo Tabata. O jogo voltou a ficar truncado no meio-de-campo. Aos 27 minutos, o árbitro paralisou a partida porque um refletor do Palestra Itália apagou.Depois de 16 minutos de interrupção, o Rio Claro teve duas boas oportunidades de empatar com Élton Cale. Mas o gol não tardou: aos 49 minutos, Wagnão aproveitou a falha da zaga santista após bola levantada na área e fez seu primeiro gol na competição.O Rio Claro seguiu melhor na partida e encurralando o Santos, que se limitava à marcação. Mas, aos 59 minutos, veio o gol decisivo. Rodrigo Tiuí recebeu a bola, passou por um zagueiro e tocou na saída do goleiro, garantindo a vitória.O próximo desafio do Santos no Paulista é o clássico contra o Corinthians, na quarta-feira, na Vila Belmiro. No mesmo dia, o Rio Claro receberá em casa o Marília, no Estádio Augusto Schimidt.SANTOS 2 x 1 RIO CLARO Santos - Fábio Costa, Domingos, Leonardo e Marcelo (Rodrigo Tiuí); Pedro, Adriano, Zé Roberto, Pedrinho e Carlinhos; Marcos Aurélio e Rodrigo Tabata (Cléber Santana). Técnico: Vanderlei Luxemburgo. Rio Claro - Luis Henrique; Erick, Edilson, Wagnão e Alex Cazumba; Douglas Peruíbe, Vieira, Daniel Rossi (Wagner) e Chumbinho; Luciano (Elton Calé) e Mirandinha. Técnico: Paulo César Catanoce.Gols -Marcos Aurélio, aos 10 minutos do primeiro tempo; Wagnão, aos 49, e Rodrigo Tiuí, aos 59 minutos do segundo tempo. Árbitro - Anselmo da Costa. Cartões amarelos -Vieira, Daniel Rossi, Rodrigo Tabata e Cléber Santana. Renda - não disponível. Público -13.853 pagantes. Local - Estádio Palestra Itália, em São Paulo-SP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.