Santos vence e espera o São Paulo no clássico na Vila

Faltando três dias para o clássico na Vila Belmiro, a briga pela liderança no Paulistão ficou ainda mais interessante. Isso porque Santos e São Paulo venceram os seus confrontos na noite desta quinta-feira. Jogando no Estádio Décio Vitta, em Americana, a equipe de Vanderlei Luxemburgo não encontrou dificuldades para superar o vice-lanterna Rio Branco por 3 a 0 e se manter na ponta do Estadual com 31 pontos, um à frente do adversário de domingo. O destaque da partida foi o meia Rodrigo Tabata, que marcou duas vezes de falta.Preocupado com o confronto do fim de semana, o treinador da equipe da Baixada Santista mandou a campo apenas três titulares: o lateral-direito Denis, o meia Cleber Santana e o goleiro Fábio Costa, único jogador do time a atuar nas 15 partidas da temporada - o camisa 1 tem pedido para não ser poupado. Já o zagueiro Leonardo fez sua estréia no Santos após deixar o ucraniano Shakhtar Donetsk.Depois de começar muito recuado e deixar o Rio Branco impor o ritmo da partida, o Santos marcou o primeiro apenas aos 45 minutos da etapa inicial, quando Jonas foi lançado na área e acabou sendo derrubado pelo goleiro Eder. Apesar da reclamação dos jogadores da equipe de Americana, que alegaram que o santista havia simulado a falta, o juiz Rodrigo Amaral marcou pênalti. Cleber Santana cobrou com força para chegar ao nono gol no Paulistão - ele é o vice-artilheiro da competição, com um a menos que Somália, do São Caetano.A hegemonia santista foi mantida no segundo tempo e, aos 22, o líder do torneio ampliou a vantagem. Numa cobrança de falta próxima da área, o meia Rodrigo Tabata bateu colocado e acertou o ângulo direito do arqueiro do Rio Branco, fazendo um belo gol. Em noite inspirada, o camisa 7 voltou a marcar num outro lance de bola parada. Aos 37, Tabata chutou rasteiro acertou o canto direito. Ele ainda contou com uma falha de Eder, que pulou atrasado. "É uma ocasião especial, nunca havia marcado dois gols de falta numa partida. Nesse dia da mulher, quero dedicar um dos gols à minha esposa e outro aos familiares que estão aqui [em Americana] para me apoiar" disse Tabata ao término da partida. "Isso é fruto de treino e de muita repetição. Nos treinos o Kleber, o Pedrinho, o Cleber Santana e eu batemos inúmeras faltas e tive um dia feliz de acertar duas vezes", comentou. "Essa vantagem [dois pontos em relação ao São Paulo] é muito importante nessa fase final. Temos que continuar com essa pegada no jogo de domingo."O clássico entre Santos e São Paulo acontece na Vila Belmiro, às 16 horas de domingo. O time de Luxemburgo tenta vingar-se da derrota da temporada passada em pleno seu estádio para o adversário quando ainda lutava pelo título do Campeonato Brasileiro - o time de Muricy Ramalho ganhou por 1 a 0, com gol de Mineiro, no dia 5 de novembro.RIO BRANCO 0 x 3 SANTOSRio Branco - Éder; Adriano Sella (Jajá), Paulão, Marcelo Heleno e Vainer; Felipe, Rodrigo Pontes, Leonel e Rafael Chorão (Rodrigo Batata), Rossini e Bachin (Eraldo). Técnico: Ruy ScarpinoSantos - Fábio Costa, Marcelo, Ávalos e Leonardo; Dênis, Cléber Santana (Dionísio), Adriano, Pedrinho (Marcos Aurélio) e Carlinhos; Rodrigo Tabata e Jonas (Rodrigo Tiuí). Técnico: Vanderlei LuxemburgoGols: Cléber Santana, aos 45min do primeiro tempo; Rodrigo Tabata, aos 22 e aos 37 minutos do segundo tempo. Árbitro: Rodrigo Amaral. Cartões amarelos: Cléber Santana, Jonas, Adriano, Eder, Adriano Sella e Rossini. Local: Estádio Décio Vita, em Americana (SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.