Santos vence e garante o 1º lugar do grupo

O Santos não precisou se esforçar muito para assegurar o primeiro lugar do Grupo 7 da Taça Libertadores, nesta quinta-feira, em Assunção, no Paraguai. Mesmo jogando futebol apagadíssimo no primeiro tempo, o time derrotou o Guaraní por 2 a 1 e chegou a 13 pontos. Não pode ser alcançado por mais nenhuma equipe de sua chave e, assim, está garantido nas oitavas-de-final. Os santistas vão enfrentar, na próxima etapa da competição, o melhor segundo colocado da fase de classificação, independentemente do grupo. Antes, no entanto, terão de cumprir tabela contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, no dia 14, na Vila Belmiro. Embora o adversário estivesse invicto na competição ? 3 empates e 1 vitória até esta quinta ?, mostrou grande fragilidade e pouco poder ofensivo. Os brasileiros, mesmo sem Robinho, suspenso, Diego, machucado, e Elano, gripado, foram muito mais perigosos durante os 90 minutos. O jovem Luís Augusto, de 20 anos, substituto de Diego, teve boa participação no segundo tempo. A primeira etapa foi de baixíssimo nível técnico. O Guaraní começou um pouco melhor. Acertou uma bola na trave e, em seguida, quase abriu o placar em belo chute de Osvaldo Díaz ? Doni fez ótima defesa. Antes do intervalo, porém, perdeu Velázquez, expulso por falta violenta, e, com um atleta a menos em campo, passou a ser dominado pelo rival. O time de Emerson Leão ? expulso no fim do jogo por reclamação ? voltou bem melhor na etapa final e, em pouco tempo, fez 2 a 0, com Basílio, tocando na saída do goleiro Bernal, e Robson, de pênalti. O Guaraní descontou com Manzur, mas foi incapaz de buscar o empate.

Agencia Estado,

25 de março de 2004 | 23h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.