Santos vence Oeste e lidera o Campeonato Paulista

Mais uma vez Neymar comandou o Santos no Campeonato Paulista. E contando com o bom futebol do atacante, a equipe de Dorival Júnior venceu o Oeste por 2 a 0, neste sábado, na Vila Belmiro, em partida válida pela quinta rodada da competição.

ALAN RAFAEL VILLAVERDE, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 21h56

Com o resultado, a equipe alvinegra chegou aos 10 pontos e assumiu a liderança provisória. Já o Oeste continua com apenas dois pontos, correndo sério risco de terminar a rodada na lanterna da competição.

A escalação da goleada sobre o Barueri por 5 a 0 foi mantida por Dorival Junior. Assim, apenas Rodrigo Mancha atuava como volante, enquanto Wesley e Marquinhos recompunham a marcação no meio-campo. O resultado, no entanto, foi bem diferente.

O Santos chegou a criar boas jogadas na primeira etapa, a melhor delas aos 33 minutos, quando Marquinhos tocou para André. Após girar bem, o atacante chutou forte e acertou o travessão. Mas apesar do bom momento, a equipe passou a maior parte do tempo presa na marcação do Oeste.

"É preciso ter calma para marcar o gol", afirmou Neymar, que provou ter razão ao iniciar o lance do primeiro gol santista, aos seis minutos da segunda etapa.

Ao ver que estava cercado pela esquerda, o atacante deu belo passe para Marquinhos que, livre pela direita, tocou para a conclusão certeira de André.

Mas a paciência pedida por Neymar desapareceu após o gol. Sofrendo muitas faltas, ele se irritou e deixou o braço na cara de Paulo Miranda, criando uma pequena confusão, apaziguada pelo árbitro com cartão amarelo para os protagonistas.

Depois do empurra-empurra, o Santos retomou o controle do jogo com rápidos contra-ataques. E fechou o placar aos 48 minutos com Neymar, que recebeu passe de Madson e tocou na saída do goleiro Neneca.

Agora, o Santos se prepara para enfrentar o Santo André na quinta-feira, às 21 horas, fora de casa. Já o Oeste tenta se recuperar diante do Paulista, na quarta, às 19h30, em Itápolis.

FICHA TÉCNICA:

Santos 2 x 0 Oeste

Santos - Felipe; Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Rodrigo Mancha, Wesley (Madson), Marquinhos (Arouca) e Paulo Henrique; Neymar e André (Zé Eduardo). Técnico: Dorival Junior.

Oeste - Neneca; Paulo Miranda, Rogério, Adriano e André Luís (Mazinho); Kléber, Alexandre Afonso, Rivaldo e Fernandinho; Ricardinho (Rafael) e Ricardo Bueno (Guto). Técnico: Paulo Comelli.

Gols - André, aos 6, e Neymar, aos 48 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Vinícius Furlan.

Cartões amarelos - Bruno Rodrigo, Léo, Neymar, Paulo Miranda, Adriano e André Luís.

Cartões vermelhos - Rivaldo.

Público - 10.393 pagantes.

Renda - R$ 246.725,00.

Estádio - Vila Belmiro, em Santos (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaSantosOeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.