André Lessa/AE
André Lessa/AE

Santos vence Oeste por 2 a 0 e lidera o Campeonato Paulista

Equipe conta com o futebol de Neymar para chegar aos 10 pontos em cinco jogos disputados na competição

Alan Rafael Villaverde, estadao.com.br

30 de janeiro de 2010 | 21h28

O ataque fulminante do último jogo não apareceu, mas Neymar, sim. Contando com o bom futebol do atacante, o Santos venceu o Oeste por 2 a 0 na noite deste sábado, na Vila Belmiro, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Veja também:

linkRobinho surpreende e chega ao Santos antes do previsto

lista RESULTADOS / tabelaCLASSIFICAÇÃO

som Ouça os gols na Rádio Eldorado/ESPN

Com o resultado, a equipe alvinegra chegou aos 10 pontos, assumindo a liderança provisória, enquanto o Oeste continua com apenas dois, ganhando de presente a lanterna da competição estadual.

FORMAÇÃO MANTIDA

A escalação da goleada sobre o Barueri de 5 a 0 foi repetida pelo técnico Dorival Junior, tendo apenas Rodrigo Mancha como volante, enquanto Wesley e Marquinhos recompunham o setor de marcação no meio-campo. O resultado, no entanto, foi bem diferente.

O Santos chegou a criar boas jogadas na primeira etapa, sendo a melhor delas aos 33, quando Marquinhos tocou para André que, por sua vez, girou bem e chutou forte, colocando a bola no travessão. De resto, o time foi presa fácil para a marcação do Oeste, satisfeito em pleitear apenas um empate na casa do adversário.

PACIÊNCIA

"É preciso ter calma para marcar o gol". A frase é de autoria de Neymar, que provou que tinha razão ao iniciar o lance do primeiro gol santista, aos seis minutos da segunda etapa.

Ao ver que estava cercado, pela esquerda, Neymar optou pela calma e escolheu o momento certo para o lançamento que encontrou Marquinhos livre pela direita. O meia também foi tranquilo e optou por tocar a bola para a conclusão de André, que se consolida na função de atacante de área do time alvinegro.

A paciência proclamada por Neymar, no entanto, desapareceu com o gol. Cansado de ser o alvo de faltas, o jovem santista resolveu deixar o braço na cara de Paulo Miranda, criando uma pequena confusão, apaziguada pelo árbitro com cartão amarelo para os protagonistas.

Após o empurra-empurra e dos toques sem objetividade por parte de alguns jogadores, o Santos retomou o controle do jogo apenas 30 minutos após seu primeiro gol - em parte por conta da expulsão de Rivaldo -, e, através dos contra-ataques, fechou o placar aos 48 minutos, com seu principal jogador, Neymar, que recebeu passe de Madson e tocou na saída do goleiro Neneca.

Agora, o Santos se prepara para enfrentar o Santo André na quinta, às 21 horas, na casa do adversário, enquanto o Oeste tenta se recuperar na competição diante do Paulista, na quarta, às 19h30, em Itápolis.

NOTAS

Com apresentação marcada para segunda, a partir das 11 horas, na Vila Belmiro, Robinho surpreendeu, chegou mais cedo ao Brasil, e visitou os jogadores na concentração, participando da preleção para o jogo +++ Arouca, contratado por empréstimo, fez sua estreia com a camisa santista +++ Fábio Costa deve voltar a treinar com bola dentro de 10 dias +++ Léo deu susto na torcida nos minutos finais do primeiro tempo ao levar forte pancada no joelho esquerdo, mas se recuperou +++ Zagueiro Bruno Rodrigo recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora do jogo diante do Santo André.

SANTOS 2 x 0 OESTE

SANTOS - Felipe; Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Léo; Rodrigo Mancha, Wesley (Madson), Marquinhos (Arouca) e Paulo Henrique Ganso; Neymar e André (Zé Eduardo). Técnico: Dorival Junior

OESTE - Neneca; Paulo Miranda, Rogério, Adriano e André Luís (Mazinho); Kléber, Alexandre Afonso, Rivaldo e Fernandinho; Ricardinho (Rafael) e Ricardo Bueno (Guto). Técnico: Paulo Comelli

Gols: André, aos 6, e Neymar, aos 48 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Bruno Rodrigo, Léo e Neymar (Santos); Paulo Miranda, Adriano e André Luís (Oeste).

Cartões vermelhos: Rivaldo (Oeste)

Árbitro: Vinícius Furlan

Público: 10.393 pagantes

Renda: R$ 246.725,00

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.