Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Santos visita o Olimpia de olho em vaga antecipada na Libertadores

Time do técnico Cuca avança às oitavas de final com um empate em Assunção, masFa terá alguns desfalques

Fabio Hecico, Especial para o Estado

01 de outubro de 2020 | 05h00

Um ponto no Paraguai nesta noite será suficiente para o Santos voltar para casa com a classificação às oitavas de final da Libertadores. Mas a missão diante do Olímpia, às 19 horas, não será fácil, já que Cuca não contará com a dupla de defesa titular e o adversário promete ser ofensivo para “seguir vivo.’

Líder disparado do Grupo G, com 10 pontos, quatro a mais que o Defensa Y Justicia, e cinco na frente dos paraguaios, o Santos quer antecipar a classificação para o técnico Cuca poder iniciar o rodízio no desgastado elenco.

Ciente que o time terá uma maratona pela frente, Cuca já adiantou que vai utilizar todo mundo do grupo. Sua intenção é segurar o ímpeto dos paraguaios, carimbar o passaporte às oitavas e dar “saúde física” para nomes como Marinho, Carlos Sánchez, Diego Pituca e Felipe Jonatan, que vêm de sequência desgastante.

A meta no Paraguai será fechar a casinha. Sem Lucas Veríssimo e Luan Peres, Alison deve ser o parceiro do jovem Alex Nascimento. Força física e experiência para frear um perigoso Olímpia, que vai para o tudo ou nada na competição.

Apesar de o empate ser o resultado que o Santos precisa no Paraguai, a estratégia para somar o ponto que falta não significará apenas se defender. Cuca quer bastante velocidade na saída dos contragolpes e precisão nas definições.

O Santos anda criando e desperdiçando muitas chances quando joga como visitante. O treinador acredita que seus comandados podem repetir o poderio ofensivo no Paraguai e pede, apenas, "capricho" para o time não ficar o tempo todo no sufoco.

Ao Olímpia, terceiro colocado do Grupo G, com cinco pontos, apenas um triunfo serve. O técnico Daniel Garnero promete colocar o time no ataque. Ele só não definiu quem usar como responsável por fazer a bola chegar nos atacantes. A dúvida paira entre Ortiz ou Domingo.


FICHA TÉCNICA

OLIMPIA: Azcona; Benítez, Alcaraz, Leguizamón e Arias; Silva, Rojas, Ortiz e Recalde; Pitta e Camacho. Técnico: Daniel Garnero.

SANTOS:João Paulo; Pará, Alison, Alex Nascimento e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Arthur Gomes (Jean Mota); Marinho, Soteldo e Kaio Jorge (Raniel). Técnico: Cuca.

JUIZ:Nestor Pitana (ARG).

LOCAL:Estádio Manuel Ferreira, em Assunção.

HORÁRIO: 19h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.