Santos volta a pensar na Libertadores

O Santos começa a se preparar nesta terça-feira para o jogo de quinta-feira contra o equatoriano Barcelona, na Vila Belmiro, pela Libertadores da América. Com a tranqüilidade de líderes de seu grupo, os santistas mais uma vez vão jogar pela vitória, para facilitar o trabalho de classificação para a próxima fase e também afim de evitar a repetição de um mau resultado em casa, como ocorreu com o empate contra o paraguaio Guarany.Ao mesmo tempo em que a concentração dos jogadores se volta para a partida pela Libertadores, o clube continua procurando um centroavante e ainda não desistiu de Reinaldo, que está na reserva do Paris Saint Germain. Leão revelou que Luizão não interessa ao Santos. "Não houve nada do que falaram", disse o treinador. Já o gerente de futebol, José Ely de Miranda, o Zito, confirmou que recebeu uma proposta de transferência do atacante para a Vila Belmiro e submeteu o nome ao técnico. "O Leão acha que o atleta está fora de forma e não interessou", disse, confirmando que o clube tem como prioridade a contratação de um centroavante.O lateral Paulo César, que foi cedido pelo Paris Saint Germain ao Santos, confirmou que Reinaldo. "Ele gostaria de jogar no Santos", revelou. Mas acha que pode a transferência pode ser inviável em termos financeiros. "O treinador não gosta muito de jogadores brasileiros e, quando ele mudar, até eu posso voltar", comentou.Enquanto isso, Robgol e Basílio buscam um lugar no time principal.Robgol é centroavante, enquanto Basílio tem sido aproveitado na posição quando Leão procura dar maior velocidade para jogar em contra-ataques.Robgol marcou dois gols contra o Guarani de Campinas e acha que desencantou de vez. "Eu havia dito que ia marcar dos gols nesse jogo e, felizmente consegui".Isso, entretanto, não garantiu a condição de titular. "O jogo contra o Barcelona ainda está muito longe", disse o treinador, que elogiou a atuação do centroavante no domingo. "O Rob foi contratado para fazer gols, ele incomoda muito a zaga dentro da área e tem uma presença muito boa em campo".VITÓRIA - O empate contra o paraguaio Guarany na Vila Belmiro serve de alerta para os jogadores. "O Santos é um time que sempre joga para vencer e contra o Barcelona não vai ser diferente", disse o lateral-esquerdo Léo, que pretende garantir logo a classificação para a próxima fase da Libertadores da América. Depois dessa partida, os santistas jogam em Assunção contra o Guarany e na Vila contra o Jorge Wilstermann. Com 12 pontos ganhos, é o líder do grupo 7, seguido pelo Barcelona, que conquistou quatro pontos.GUINNESS - O Santos encaminhou correspondência aos editores do Guinness Book, o livro de recordes, chamando a atenção para dois erros publicados no site da empresa e na edição de 2004. Assim, Pelé nasceu em Três Corações e não em "Tres Coracos", conforme a publicação. E que o Santos é um time de Santos e não do Rio de Janeiro. Os santistas querem que os erros sejam corrigidos.

Agencia Estado,

08 de março de 2004 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.