Flávio Torres|Divulgação
Flávio Torres|Divulgação

São Bento e Ituano empatam na vazia Arena Barueri

Apenas 422 pagam para ver a igualdade de 1 a 1 no Paulistão

Estadão Conteúdo

30 de janeiro de 2016 | 19h32

São Bento e Ituano não passaram de um empate na estreia do Campeonato Paulista 2016. Na tarde deste sábado, na Arena Barueri, na Grande São Paulo, os times ficaram no 1 a 1 em jogo válido pela primeira rodada. Rossi anotou o gol dos sorocabanos e Edinho deixou tudo igual em um jogo com péssimo público - apenas 422 torcedores pagaram ingresso.

O jogo aconteceu em Barueri, pois o Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, está interditado pela Federação Paulista de Futebol (FPF) por conta do estado ruim do gramado.

Mesmo sem jogar fora de casa, o São Bento precisou de apenas dois minutos para abrir o placar e anotar o primeiro gol do Paulistão de 2016. Em contra-ataque, Rodriguinho acionou o veterano Marcelo Cordeiro pela esquerda, que cruzou para Rossi. O atacante ganhou na marcação e finalizou na saída do goleiro. A defesa do Ituano ficou reclamando de uma possível falta no lance.

O gol logo no começo deixou a partida aberta com boas oportunidades criadas para os dois lados. Régis salvou o São Bento após João Denoni roubar a bola no campo de ataque. Morais, por sua vez, parou no goleiro Fábio depois de acertar chute de primeira.

De tanto insistir, o Ituano conseguiu empatar aos 27 minutos. Ruan retomou a bola no campo de ataque e deu para Edinho de frente para o gol. O atacante caprichou na finalização e acertou o ângulo, sem chances de defesa para Henal. Ainda antes do intervalo, Claudinho teve a chance da virada. O jogador ganhou na velocidade e finalizou na saída do goleiro. A bola ia entrando, mas Marcelo Cordeiro salvou em cima da linha.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Tarcísio Pugliesi teve que trocar de goleiro, pois Fábio deslocou um dos dedos da mão esquerda. Diego Neto mal havia se aquecido quando contou com ajuda da trave depois de finalização de fora da área de Marcelo Cordeiro.

Depois de um começo tão intenso, os times sentiram o desgaste físico, o ritmo diminuiu e os erros começaram a aparecer. Os mandantes tentaram tomar a iniciativa para buscar a vitória, mas esbarraram nas próprias limitações e pouco ameaçaram, apesar do domínio.

O São Bento volta aos gramados contra o Palmeiras, na próxima quinta-feira, às 21 horas, no Pacaembu, em São Paulo. Já o Ituano recebe o Linense, na quarta, às 20 horas, no Novelli Júnior, em Itu.

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO 1 X 1 ITUANO

SÃO BENTO - Henal; Régis, Pitty, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Éder (Alê), Morais e Clébson; Rossi (Fernandinho) e Rodriguinho (Anderson Cavalo). Técnico - Paulo Roberto Santos.

ITUANO - Fábio (Diego Neto); Raul Prata, Naylhor, Luiz Felipe e João Paulo; Jonatan, João Denoni, Peri e Claudinho (Guilherme); Edinho e Ruan (Marcão). Técnico - Tarcísio Pugliesi.

GOLS - Rossi, aos 2, e Edinho, aos 26 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira.

CARTÕES AMARELOS - Anderson Cavalo e Morais (São Bento); Pery e Luiz Felipe (Ituano).

PÚBLICO - 422 pagantes.

RENDA - R$ 22.540,00.

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.