Dorival Rosa/ Portuguesa
Dorival Rosa/ Portuguesa

São Bento e Portuguesa empatam em Sorocaba no primeiro jogo da final da Série A2 do Paulista

Partida decisiva será disputada no domingo, às 19h, no estádio do Canindé

Redação, Estadão Conteúdo

14 de abril de 2022 | 21h48

Em um jogo disputado com muita intensidade, São Bento e Portuguesa empataram por 1 a 1, nesta quinta-feira à noite, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pelo primeiro jogo final do Campeonato Paulista da Série A2. O jogo decisivo vai acontecer domingo, a partir das 19 horas, no Canindé, em São Paulo, onde quem vencer será o campeão. Em caso de novo empate, o título será definido nos pênaltis. Os dois times já asseguraram o acesso para a Série A1 o Paulistão de 2023.

A Portuguesa fez um primeiro tempo muito tático, esperando o adversário no seu campo defensivo. Desta forma, esperou uma falha defensiva do São Bento para abrir o placar aos 23 minutos. Após um lançamento longo, os dois zagueiros falhavam. O primeiro de cabeça e o segundo ao tentar cortar a bola, que ficou nos pés de Gustavo França. Ele dividiu com o goleiro Zé Carlos, que saiu desesperado do gol, e chutou por baixo das pernas do goleiro.

Mas o São Bento tinha intensidade e não perdia tempo para arriscar o chute em cima do goleiro Wagner, normalmente reserva da Lusa. Foram 15 finalizações e algumas boas defesas de Vagner. De tanto insistir, o São Bento empatou.

No lado direito, Marcos Nunes foi para cima do Ricardo e levou vantagem. Patrick furou no primeiro pau e a bola bateu na coxa esquerda de Naldo, indo para as próprias redes aos 48 minutos.

O panorama no segundo tempo não mudou, com a maior posse de bola do São Bento que tentava finalizações, inclusive, de longa distância. O goleiro Wagner fez várias boas defesas. Aos 35 minutos, Vitor cabeceou a bola na trave do goleiro da Lusa. Pressionada, a Portuguesa abandonou o ataque, preferindo tentar segurar o empate. E conseguiu.

O jogo em Sorocaba contou com 8.291 torcedores, com uma renda de R$ 226.640,00. A expectativa é que todos os 15 mil ingressos estejam esgotados para o duelo final no Canindé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.