São Bento pode abandonar campeonato

O São Bento, líder isolado da Série A-3 do Campeonato Paulista, com 51 pontos, cinco à frente do segundo colocado, corre o risco de ficar sem time para pôr em campo nas cinco partidas que restam para o encerramento da competição. O empresário Oliveira Júnior, dono a OJ Marketing Esportivo, ameaça abandonar o time e levar os 11 jogadores do elenco que lhe pertencem, caso não receba os R$ 30 mil que a Federação Paulista de Futebol (FPF) repassa às equipes, mais os R$ 150 mil a que o São Bento terá direito caso vença o campeonato. Oliveira ficou revoltado depois que soube que o clube vem recebendo uma ajuda mensal de R$ 12 mil de empresas da cidade sem que o dinheiro tenha entrado no caixa do time. "Estou bancando os salários dos jogadores e me sinto traído por não saber que o clube tem outras fontes de renda." Ele quer saber onde está sendo aplicado o dinheiro e por que não foi informado dessa receita. Exige também que o presidente do clube, João Francisco de Andrade, assine um documento comprometendo-se a repassar o dinheiro da Federação para ressarcir parte das despesas que teve. "Levo embora todos os meus jogadores se o presidente não entrar em contato com meu advogado." Andrade informou que o dinheiro que é repassado por algumas empresas da cidade destina-se a pagar dívidas trabalhistas do São Bento. "Uma parte usamos para reformar os alojamentos do Centro de Treinamento, que pegaram fogo no início da temporada." Ele disse que todas as despesas podem ser comprovadas e vai prestar contas no momento adequado. Ele esperava que o empresário revisse sua posição. "Estamos certos de continuar contando com ele para a próxima temporada." O São Bento, que perdeu o último jogo para o Bandeirante, em Birigui, volta a jogar domingo contra o Flamengo paulista, em Sorocaba.

Agencia Estado,

06 de junho de 2001 | 15h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.