São Bento quer surpreender o Santos de olho na Série D

Classificado com a terceira melhor campanha do Campeonato Paulista, o São Bento já começa a pensar nas quartas de final com o Santos no próximo sábado, às 18h30. O jogo será na Vila Belmiro, onde o time praiano não perde desde 2011 pelo Estadual. Confiantes, os sorocabanos venceram o São Paulo no último domingo, em casa, por 1 a 0.

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2016 | 21h32

Sabendo da dificuldade, o técnico Paulo Roberto Santos pregou o respeito com o adversário, mas acredita que o São Bento tem qualidade para vencer mesmo fora de casa. "A gente sabe que todos os classificados são pedreiras, então não tem jogo fácil. Respeitando o time do Santos, nós vamos pensar na vitória".

Na última temporada os dois times empataram por 2 a 2, também em Santos, o que aumenta a expectativa do treinador. "Não fomos nós que empatamos com eles. Foram eles que empataram com a gente. Estávamos vencendo até o segundo tempo e acabamos cedendo o placar no finalzinho. Agora vamos pensar em vencer", revelou.

"Jogar com o Santos na Vila é sempre muito difícil. Por isso vamos trabalhar bastante e tentar dar o nosso melhor em campo", completou Paulo Roberto Santos, que deu folga ao elenco nesta segunda-feira e volta aos trabalhos na terça.

De acordo com o treinador, o São Bento tinha três objetivos no Campeonato Paulista: fugir do rebaixamento o mais rápido possível, classificar para as quartas de final e conquistar uma vaga na Série D. Para esta última meta, o clube terá que passar pelo Santos ou torcer por derrotas de Audax, Red Bull Brasil e São Bernardo.

Isso porque, de acordo com o regulamento da competição, as duas vagas para a competição nacional ficarão com os times que mais avançarem no Estadual e que não disputam nenhuma outra divisão. Ainda assim, se todos os concorrentes caírem precocemente nas quartas de final, o clube sorocabano estará classificado por ter a terceira melhor campanha geral, com 27 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão BentoSantos FCPaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.