São Bento usa departamento médico para fazer mistério antes de jogo contra Santos

Se antes vivia apreensivo com os lesionados, agora o São Bento usa o seu departamento médico como mistério para o confronto contra o Santos neste sábado. Melhor clube do interior neste Campeonato Paulista, o elenco do técnico Paulo Roberto Santos precisa da vitória nestas quartas de final na Vila Belmiro, em Santos, para continuar sonhando com uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

14 de abril de 2016 | 19h57

Nesta quinta-feira, no penúltimo trabalho com bola no centro de treinamento Humberto Reale, em Sorocaba (SP), o treinador não pode contar com o volante Éder, liberado pelos médicos nesta semana após se recuperar de uma lesão na coxa. De acordo com a comissão técnica, ele foi poupado do treino, mas volta nesta sexta.

Por outro lado, quem foi visto em campo é o meia Clébson, que também vinha se recuperando no DM. Ele foi um dos principais destaques do time na primeira fase, mas acabou de fora na reta final e a diretoria chegou até a trazer Rennan Oliveira, que estreou na vitória por 1 a 0 contra o São Paulo no último final de semana.

Se tiver condições de jogo, Clébson volta para o sistema de criação. Além dele, Rossi e Diego Clementino também voltaram aos gramados e devem brigar por posição com Edno e Anderson Cavalo. Mesmo com a melhor campanha, o São Bento precisa vencer o Santos para garantir uma das duas vagas na Série D sem depender dos concorrentes São Bernardo, Red Bull Brasil e Audax.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoSão Bento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.