Arthur Dallegrave/Juventude
Arthur Dallegrave/Juventude

São Bento vence a terceira seguida e deixa Juventude na zona da degola da Série B

Time de Sorocaba marca 2 a 0, em partida realizada neste sábado, no Estádio Alfredo Jaconi, pela 26ª rodada

Estadão Conteúdo

08 Setembro 2018 | 18h42

Com dois gols de Francis, o São Bento engatou a terceira vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Juventude por 2 a 0, em partida realizada neste sábado, no Estádio Alfredo Jaconi, pela 26ª rodada.

Com o resultado, o São Bento continua reagindo na competição e soma 34 pontos, abrindo seis de vantagem da zona de rebaixamento. O Brasil de Pelotas, 17º, e o próprio o Juventude, 18º, somam 28. A equipe de Caxias do Sul não vence há nove rodadas.

O Juventude aproveitou o fator casa para exercer uma forte pressão desde os minutos iniciais. A tática pegou o São Bento de surpresa, já que a primeira boa chance do clube gaúcho aconteceu em menos de 20 segundos. Lucas arriscou de fora da área e mandou rente ao gol de Rodrigo Viana.

E o goleiro brilhou logo na sequência ao segurar um bonito chute de Neuton, fazendo um milagre. Mas o São Bento foi mais efetivo, bastando equilibrar as ações para sair o gol. Aos 22 minutos, Joãozinho roubou a bola pelo lado esquerdo e chutou. Matheus Cavichioli rebateu e Francis apareceu no meio de dois marcadores para empurrar para o fundo das redes.

Após o gol, o São Bento recuou e viu o Juventude apertar no fim. Em cobrança de escanteio, Bonfim apareceu livre e cabeceou para mais uma defesa de Rodrigo Viana. O goleiro assegurou a vitória parcial do clube paulista.

No segundo tempo, o time sorocabano criou logo de cara uma grande oportunidade de liquidar a fatura. Aos quatro minutos, Ronaldo foi puxado por Bonfim dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. Ronaldo retardou o chute e quando o fez recuou para o goleiro Matheus Cavichiolli.

O lance incendiou o time do Juventude, que foi para cima, em busca do gol de empate. Caio Rangel recebeu de Ricardo Jesus e parou mais uma vez em Rodrigo Viana. O goleiro ainda brilhou ao tirar a bola dos pés do Rafinha, logo na sequência.

Apesar da pressão por parte do Juventude, o São Bento conseguiu escapar em alguns momentos. Em um desses, Samuel Santos disparou em velocidade e cruzou rasteiro para Francis. O atacante só teve o trabalho de empurrar para o gol. Ricardo Jesus ainda tentou diminuir, antes do apito final, mas acertou a trave.

Na próxima rodada, o Juventude enfrenta o Guarani na quinta-feira, às 21 horas, no Estádio Brinco de Ouro. Na sexta-feira, às 20h30, o São Bento visita o Figueirense no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 0 X 2 SÃO BENTO

JUVENTUDE - Matheus Cavichioli; Choco, Bonfim, Fred (Micael) e Neuton; Diones, Lucas, Rafinha, Leandro Lima (Hugo Sanches) e Caio Rangel; Yuri Mamute (Ricardo Jesus). Técnico: Luís Carlos Winck.

SÃO BENTO - Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Pedro Botelho (Éverton Silva); Fábio Bahia, Dudu Vieira e Samuel Santos; Joãozinho (Luizão), Francis e Ronaldo (Diogo Oliveira). Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS - Francis, aos 22 minutos do primeiro tempo e aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Felipe Gomes da Silva (PR).

CARTÕES AMARELOS - Bonfim (Juventude); Dudu Vieira, Ronaldo e Tony (São Bento)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.