São Bento vence, mantém Guarani fora do G-4 e se afasta da degola

Luizão, aos 48 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2018 | 21h30

O São Bento quebrou a sequência de três derrotas consecutivas na Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o Guarani por 1 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Walter Ribeiro, pela 30.ª rodada. De quebra, o time ficou em situação muito confortável na briga contra o descenso.

Com o resultado, o São Bento soma agora 39 pontos, contra 31 do CRB, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Já o Guarani perdeu a oportunidade de entrar no G4 e estacionou nos 45. E o time de Campinas não vence em Sorocaba há 33 anos, em um longo tabu que foi mantido.

O visitante apresentou uma proposta mais cautelosa no primeiro tempo e abusou das ligações diretas. O São Bento foi melhor, pressionou o rival, mas perdeu várias oportunidades para abrir o marcador. Em tentativa de Francis, a bola bateu nas redes pelo lado de fora.

Mas a melhor chance da equipe sorocabana ocorreu aos 19 minutos. Após cobrança de escanteio, Agenor afastou. Zezinho ficou com a sobra e cruzou para Ewerton Páscoa, que parou em uma grande defesa do goleiro.

O São Bento continuou pressionando, chegou a perder outra chance com Francis, mas não tirou o zero do placar. O Guarani até conseguiu encaixar algumas jogadas de contra-ataque, mas sem muito sucesso.

O panorama da etapa final não mudou. O Guarani até tentou surpreender com Matheus Oliveira logo de cara, mas depois voltou a sofrer pressão. Roni cobrou escanteio, Agenor errou o tempo da bola e Vasconcelos, na pequena área, errou o cabeceio e jogou para fora.

E Roni voltou a preocupar Agenor. O meia tentou fazer gol olímpico, mas viu o goleiro salvar em cima da linha. A resposta do Guarani enfim veio. Em boa jogada de contra-ataque, Matheus Oliveira cabeceou nas mãos de Rodrigo Vianna.

A bola insistia em não entrar. Aos 37 minutos, após nova cobrança de escanteio, Ewerton Páscoa carimbou o travessão do Guarani. Houve ainda um princípio de confusão, iniciado por uma discussão entre Marcelo Cordeiro e Felipe Rodrigues, mas os jogadores foram rapidamente contidos.

Já o zagueiro Ewerton Pascoa foi expulso, na sequência, após parar um contra-ataque do adversário. E Felipe Rodrigues acompanhou ao receber cartão vermelho após falta sobre Francis. Nos acréscimos, após cobrança de Anderson Salles, Luizão subiu sozinho na segunda trave para desviar de cabeça e assegurar a vitória do São Bento.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Avaí, em 13 de outubro, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. No mesmo dia, às 21h, o São Bento visita o Londrina no Estádio do Café.

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO 1 X 0 GUARANI

SÃO BENTO - Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Dudu Vieira, Zezinho (Diogo Oliveira) e Roni (Cléo Silva); Gabriel Vasconcelos (Luizão) e Francis. Técnico: Marquinhos Santos.

GUARANI - Agenor; Kevin, Ferreira, Fabrício e Pará; Willian Oliveira (Fabrício Bigode), Ricardo, Jefferson Nem (Felipe Rodrigues), Rafael Longuine (Matheus Anjos) e Matheus Oliveira; Bruno Xavier. Técnico: Umberto Louzer.

GOL - Luizão, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Cléo Silva, Luizão e Marcelo Cordeiro (São Bento); Fabrício e Fabrício Bigode (Guarani)

CARTÕES VERMELHOS - Ewerton Páscoa (São Bento); Felipe Rodrigues (Guarani)

RENDA- R$ 61.785,00.

PÚBLICO - 3.690 torcedores.

LOCAL - Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.