São Bernardo goleia Marília e garante permanência no Paulistão

O São Bernardo não deu chance ao azar e garantiu a permanência na elite do futebol paulista na noite desta quarta-feira, ao golear o Marília por 4 a 0, em partida realizada no Estádio 1° de Maio, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. O adversário, já rebaixado, termina na lanterna, sem uma vitória sequer.

Estadão Conteúdo

09 de abril de 2015 | 00h45

Com o resultado, o São Bernardo foi para o seu quarto jogo sem derrota, terminando a competição na 12ª colocação na classificação geral, com 18 pontos. Rebaixado, o Penapolense ficou com 15. Por sua vez, o Marília encerra sua participação na elite do paulista com meros dois pontos, na pior campanha de todos os tempos. Em 15 jogos disputados, perdeu 13 e empatou dois, fazendo assim a pior campanha já vista na história da competição.

Nesta noite, só havia 12 jogadores à disposição do técnico Bruno Quadros. Apenas o goleiro Rodrigo Calchi ficou na reserva do Marília. Contra um time desmotivado e já rebaixamento, que colocou jogadores em campo no sacrifício para não atuar com goleiro na linha, o São Bernardo não esbarrou em nenhuma dificuldade e conquistou a permanência no Paulistão com facilidade.

Na primeira tentativa ao ataque, balançou as redes. Após cobrança de escanteio, Luciano Castán testou firme para o fundo das redes. O segundo não demorou à sair. Aos 20 minutos, Henan aproveitou o bate-rebate para acertar um bonito chute de perna esquerda e ampliar o marcador.

O Marília não esboçou nenhuma reação na primeira etapa e apenas assistiu ao rival dominar a partida. No segundo tempo, não demorou para o São Bernardo marcar o terceiro. Aos sete minutos, Cañete fez fila na defesa do Marília e tocou para fundo das redes. Com um Marília desacreditado, coube o clube do ABC Paulista controlar a posse de bola e deixar o tempo passar para confirmar a permanência na primeira divisão.

Ainda desperdiçou boas oportunidades como a tentativa de Henan, que parou na defesa milagrosa de Marcos Galletti. Aos 37 minutos, porém, não teve jeito. Paulo Marcelo, que acabara de entrar, chegou com fome de gol e foi logo decretando a goleada.

FICHA TÉCNICA:

SÃO BERNARDO 4 x 0 MARÍLIA

SÃO BERNARDO - Daniel; Rafael Cruz, Diego Jussani (João Francisco), Luciano Castán e Eduardo (Vanger); Dudu Lima, Marino, Moradei, Cañete (Paulo Marcelo) e Magal; Henan. Técnico: Roberto Fonseca.

MARÍLIA - Marcos Galletti; Rafael Mineiro, Marcus Vinícius, Thiago Gomes e Deca; Roni, Gilberto Souza e Fabiano Gadelha; Thiago Elias, Leandro Costa e Wellington Amorim. Técnico: Bruno Quadros.

GOLS - Luciano Castán, aos seis, e Henan, aos 20 minutos do primeiro tempo. Cañete, aos seis, e Paulo Marcelo, aos 37 do segundo.

CARTÕES AMARELOS - Eduardo (São Bernardo); Marcus Vinícius e Thiago Gomes (Marília).

CARTÃO VERMELHO - Marcus Vinícius (Marília).

ÁRBITRO - José Claudio Rocha Filho.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio 1° de Maio, em São Bernardo do Campo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.