Rogerio Pallata/Ag. Paulistão
Rogerio Pallata/Ag. Paulistão

São Bernardo perde pênalti no fim e empata com o Mirassol pelo Paulistão

Igualdade mantém equipes em situação confortável na luta por vaga nas quartas de final do Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

06 de março de 2022 | 21h43

Um empate justo que poderia ter acabado com outro resultado. O São Bernardo saiu atrás do Mirassol - que teve um jogador expulso no segundo tempo -, porém, buscou o empate e poderia ter virado não tivesse desperdiçado um pênalti aos 44 minutos do segundo tempo. Matheus Davó cobrou e o goleiro Darley espalmou, deixando o campo como herói.

Este jogo foi válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista e foi disputado no Estádio Primeiro de Maio. O empate por 1 a 1 deixou os dois times em boas condições na tabela de classificação. O São Bernardo é vice-líder do Grupo B, dois atrás do líder São Paulo, estando bem perto de uma vaga nas quartas de finais. O Mirassol é vice-líder do Grupo C, com 17 pontos, três atrás do Palmeiras, e também está perto de uma vaga nas quartas.

O jogo começou 20 minutos atrasado, porque as fortes chuvas que caíram na região do ABC paulista dificultaram a chegada das delegações no estádio. Em campo, os dois times mostraram boa técnica. O visitante saiu na frente aos 37 minutos, quando Fabrício Daniel chutou de longe, a bola quicou na pequena área e o goleiro Júnior Oliveira falhou. Ele não encaixou a bola, que bateu no seu corpo e entrou.

O segundo tempo começou equilibrado, mas aos 14 minutos o Mirassol perdeu o atacante Zeca, expulso por falta violenta. Antes, ele já tinha recebido o cartão amarelo. Ficou difícil para o técnico interino Ivan Baitello reequilibrar o time, justamente, em seu primeiro jogo após a ida de Eduardo Baptista para o Juventude.

Com um mais, o São Bernardo foi todo pressão e empatou aos 31 minutos com João Carlos. Após o cruzamento de Cristovam ele se antecipou à marcação e chutou forte no canto do goleiro.

Acuado, o Mirassol tentava segurar o empate. Para tanto, contou com a ajuda do goleiro Darley, que defendeu pênalti cobrado por Matheus Davó aos 44 minutos. O atacante deu a paradinha e chutou no canto direito, mas Darley espalmou para fora. A penalidade tinha sido marcada por falta cometida por Thalisson Kelven que deu um carrinho em Paulinho Moccelin.

Agora faltam duas rodadas para o término da fase de classificação. O São Bernardo vai sair diante da Internacional, em Limeira, e depois receberá o Guarani. Enquanto isso, o Mirassol vai receber o São Paulo e sair diante da Ferroviária.

FICHA TÉCNICA

SÃO BERNARDO 1 x 1 MIRASSOL

SÃO BERNARDO - Júnior Oliveira; Joílson (João Carlos, Matheus Salustiano, Ligger e Cristovam; Rodrigo Souza, Vitinho Mesquita (Ravanelli) e Igor Fernandes (Rafinha); Silvinho (Cesinha), Paulinho Moccelin e Matheus Davó. Técnico: Márcio Zanardi.

MIRASSOL - Darley; Rodrigo Ferreira, Lucão, Thalisson Kelven e Pará; Luís Oyama, Du Fernandes (Daniel) e Camilo (Rafael Silva); Fabrício (Ednei), Fabinho (Luiz Fernando) e Zeca. Técnico: Ivan Baitello (interino).

GOLS - Fabrício Daniel aos 37 minutos do primeiro tempo. João Carlos aos 31 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fendez Chávez.

CARTÕES AMARELOS - Ednei, Thalisson Kelven e Rodrigo Ferreira (Mirassol).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.